Homem que tomou 40 mil comprimidos de ecstasy teve anos de sintomas terríveis

por Lucas Rabello
0 comentário 160 visualizações

Ser o homem que tomou mais comprimidos de ecstasy de todos os tempos não é um título que alguém deveria almejar. Conheça o Sr. A, um homem que consumiu cerca de 40.000 comprimidos de ecstasy entre os 21 e 30 anos. Documentado em um estudo de 2006 pelo Dr. Christos Kouimtsidis, a jornada do Sr. A é um conto de advertência épico.

Nos primeiros dois anos, o Sr. A tomava cinco comprimidos todo fim de semana. Então as coisas escalaram. Nos três anos seguintes, ele passou a tomar uma média de três comprimidos e meio por dia. Mas espere, fica pior. Nos quatro anos seguintes, ele aumentou para impressionantes 25 comprimidos por dia. Isso não é só forçar a barra; é destruir ela.

O ecstasy, ou MDMA, é uma droga alucinógena que tem sido um pilar da cultura festiva há décadas. Mas para o Sr. A, a festa terminou em pesadelo. Sete anos depois de parar de usar a droga, ele ainda enfrentava graves consequências físicas e mentais. O Dr. Kouimtsidis, que conheceu o Sr. A para o estudo, pintou um quadro sombrio das consequências.

Os sintomas de abstinência do Sr. A foram brutais. Ele ficou imóvel por semanas e teve visão em túnel. Durante um teste de memória, os pesquisadores descobriram problemas ainda mais alarmantes. O Sr. A sofria de desorientação, má concentração e perda de memória de curto prazo. Sua capacidade de atenção estava tão destruída que ele não conseguia seguir tarefas simples e repetia as mesmas ações constantemente.

A lista de suas dificuldades não para por aí. Suas funções cognitivas estavam tão comprometidas que realizar atividades básicas se tornou uma tarefa hercúlea. Imagine não conseguir se lembrar do que estava fazendo de um momento para o outro ou perder constantemente a noção do tempo. Esse é o tipo de caos com o qual o Sr. A vivia diariamente.

O futuro do Sr. A após o estudo de 2006 permanece um mistério. Ele parou de buscar ajuda para seus problemas de memória e desapareceu do radar. O Dr. Kouimtsidis e sua equipe tentaram colocá-lo em uma unidade residencial para pessoas com problemas de memória, mas o Sr. A foi embora e nunca mais voltou. Isso foi há 20 anos.

Inscreva-se no canal Mistérios do Mundo no YouTube

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados