Homem que passou 8 anos construindo a Torre Eiffel de 7 metros com 700.000 palitos de fósforo tem entrada rejeitada no Guinness

por Lucas Rabello
0 comentário 3,6K visualizações

Richard Plaud, um francês de 47 anos, dedicou mais de 8 anos à construção de uma réplica da Torre Eiffel com 7 metros de altura, utilizando mais de 700.000 palitos de fósforo. Seu projeto foi uma homenagem ao seu país e uma tentativa de entrar para o Guinness World Records. Apesar do esforço meticuloso e da imensa escala da criação, a tentativa de Plaud foi rejeitada pelo Guinness. Os motivos dessa decisão basearam-se nos critérios de que os palitos de fósforo usados na construção não estavam disponíveis comercialmente e haviam sido alterados a ponto de serem considerados irreconhecíveis em sua forma original.

A reação de Plaud à rejeição foi de profunda frustração e decepção. Ele recorreu à sua página no Instagram para expressar seus sentimentos, compartilhando uma foto de sua imponente Torre Eiffel de palitos de fósforo. Em sua postagem, ele citou a resposta do Guinness World Records, destacando os motivos pelos quais sua tentativa foi desqualificada.

Homem que passou 8 anos construindo a Torre Eiffel de 7 metros com 700.000 palitos de fósforo tem entrada rejeitada no Guinness

“Os juízes do Guinness Book deram seu veredito, sem ter visto minha torre pessoalmente”, escreveu Plaud, enfatizando a diretriz que exigia que os palitos de fósforo estivessem disponíveis comercialmente e fossem reconhecíveis. Ele questionou a decisão com evidente exasperação: “Me digam [como] as 706.900 varetas coladas uma a uma não são fósforos!!?? E elas estão tão cortadas a ponto de serem irreconhecíveis!!??” A postagem de Plaud também continha uma observação incisiva sobre diferenças culturais, sugerindo um descompasso: “Claramente, os ingleses são realmente diferentes…… Minha torre de palitos de fósforo ainda é alta e será de 7,19 metros por muito tempo!!!!! Sem ofensa aos ingleses.”

Apesar da rejeição por parte do Guinness World Records e da evidente frustração de Plaud, a resposta da comunidade online foi de apoio. Usuários das redes sociais elogiaram Plaud por sua dedicação e pelo mérito artístico de seu trabalho. Um usuário comentou: “Parabéns, suas fracas regulamentações não importam, o que conta é o resultado. Você criou uma obra de arte.” Outro simplesmente afirmou: “Senhor, excelente trabalho, bravo”, reconhecendo a habilidade e a perseverança de Plaud.

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados 

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso ao permanecer nesse site. Aceitar Leia mais