Homem que foi ‘comido vivo’ por tubarão branco relembra momento em que ficou preso na garganta

por Lucas Rabello
0 comentário 1,9K visualizações

Eric Nerhus, um mergulhador de Eden, Nova Gales do Sul, Austrália, passou pelo que a maioria das pessoas chamaria de seu pior pesadelo: ser engolido por um grande tubarão branco. Em um momento ele estava coletando moluscos; no próximo, estava dentro das mandíbulas de uma besta de 3 metros.

Era 2007, e a visibilidade estava terrível debaixo d’água. Eric nem viu o tubarão se aproximando. Do nada, o grande branco cravou suas mandíbulas afiadas em volta da cabeça dele. Sim, na cabeça. “Me senti como se estivesse em uma caverna escura,” Eric disse depois. Seu colete revestido de chumbo o salvou do pior, mas ele ainda passou dois minutos horríveis dentro da boca do tubarão. Seu corpo até começou a deslizar para dentro da garganta da criatura.

Pensamento rápido e um pouco de sorte estavam do lado de Eric. Ele tinha um formão com ele e o usou para cutucar o olho do tubarão. “Eu senti a cavidade do olho com meus dedos e enfiei-os na cavidade,” Eric contou. O tubarão, nada contente com isso, afrouxou as mandíbulas. Eric se contorceu para sair, mas o tubarão não desistiu facilmente. Ele continuou tentando mordê-lo, esmagando seus óculos de mergulho contra o nariz no processo.

“Nunca senti tanto medo na vida,” admitiu Eric. Ele descreveu o momento como se estivesse em uma caverna escura, com metade do corpo dentro da garganta do tubarão. Uma vez livre, Eric nadou para a superfície em uma nuvem de seu próprio sangue, com medo de que o tubarão o seguisse.

“Ele estava apenas circulando em volta das minhas nadadeiras, em círculos apertados,” disse ele. Imagine ver um olho negro de 13 centímetros olhando diretamente para você sem medo de nada – nem barcos, nem humanos, nada. Foi isso que Eric viu.

Seu filho o ajudou a voltar para o barco, onde foi tratado por cortes severos na cabeça, no tronco e no braço. Recordando a experiência mais tarde, Eric disse: “Comecei a ser sacudido horizontalmente com um movimento de torção muito forte. Pensei, ‘É o fim? É assim que é morrer?’ Eu estava realmente sendo comido vivo.”

O colega de trabalho de Eric, Dennis Luobikis, elogiou-o por seu pensamento rápido e resistência. “Ele foi mordido pela cabeça… o tubarão engoliu sua cabeça,” Dennis disse à Reuters. “O impacto da mordida foi absorvido pelo colete de peso de chumbo. Eric me disse no cais que seu colete de peso o salvou.”

Dennis também mencionou como Eric conseguiu cutucar a cabeça do tubarão com seu formão de abalone, fazendo-o nadar para longe. “Eric é um cara durão – ele é super em forma. Mas eu diria que isso testaria a determinação de qualquer um, ser um almoço de peixe.”

Inscreva-se no canal Mistérios do Mundo no YouTube

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados