Homem pago para ‘espionar’ os computadores de colegas de trabalho revela as coisas bizarras e proibidas que viu

por Lucas Rabello
0 comentário 641 visualizações

Um especialista em TI revelou recentemente no Reddit que seu trabalho anterior envolvia monitorar os funcionários através de seus computadores. Segundo ele, “monitorar” é o termo usado na política de emprego e tudo é legalmente aceitável, com cada funcionário assinando um termo de consentimento para essa prática.

Então, o que exatamente esse astuto técnico de TI testemunhou nos bastidores? Para começar, ao ajudar com problemas na câmera, eles ocasionalmente viam mais do que o esperado. Descrevendo alguns trabalhadores, ele disse: “Eles poderiam estar coçando a cabeça, olhando para a tela com um olhar vazio como um idiota, ou olhando pela janela, pensando por que diabos estão no trabalho e poderiam estar fazendo outra coisa.”

No entanto, nem tudo são apenas cenas mundanas do escritório. Um incidente memorável envolveu a conexão ao computador de um executivo enquanto ele alegava estar em horário de almoço. Quando a câmera voltou a funcionar, o trabalhador de TI se viu acidentalmente testemunhando um momento íntimo. “Eu me conectei remotamente e consertei o software da câmera, e quando a câmera voltou a funcionar, vi ele recebendo sexo oral. Felizmente, era apenas a parte de trás da cabeça da mulher. Não posso dizer quem era,” ele revelou.

De forma mais estranha, um funcionário foi pego administrando um negócio paralelo bastante único — vendendo online as roupas íntimas usadas de sua esposa. “Foi surpreendente porque ele nunca mencionou sua esposa, não usava aliança e ninguém sabia que ele era casado”, revelou o trabalhador de TI. Esse funcionário empreendedor trazia os itens para o trabalho, embalava-os e os despachava usando a sala de correio da empresa.

Mas não para por aí. As pegadas digitais deixadas por alguns trabalhadores levaram a algumas descobertas que levantaram sobrancelhas. Desde sites de fetiches questionáveis a plataformas de namoro, e até contas pessoais no OnlyFans, nada parecia ser proibido durante o horário de trabalho. O especialista em TI comentou: “Eu também vi o histórico de navegação de pessoas fazendo perguntas médicas estranhas sobre seus corpos. É bastante constrangedor, mas eu não julgo. Continuo meu dia e finjo que não vejo nada.”

Uma das descobertas mais sombrias envolveu um funcionário cujo laptop era um portal para a dark web. Isso incluía imagens e vídeos perturbadores que, chocantemente, sincronizavam com o OneDrive da empresa. “Incluindo imagens de gore, vídeos e coisas torcidas e f*didas” que o trabalhador de TI encontrou, potencialmente chamando a atenção do FBI.

Durante o bate-papo, perguntas foram feitas por Redditors curiosos querendo saber mais sobre as peculiaridades do dia a dia descobertas por essa vigilância de rotina. Um usuário, u/BallZDeepInurMom, perguntou: “Você já ativou a câmera/microfone e entrou no computador de alguém?”

O profissional de TI respondeu que, embora não fosse uma prática na qual se engajassem intencionalmente, ocasionalmente acabavam testemunhando momentos mais pessoais se acontecessem de se conectar durante uma situação em andamento. Sua filosofia? “Eles poderiam estar coçando a cabeça, olhando para a tela com um olhar vazio como um idiota, ou olhando pela janela, pensando por que diabos estão no trabalho e poderiam estar fazendo outra coisa,” eles detalharam sobre os cenários inesperados que encontravam.

Inscreva-se no canal Mistérios do Mundo no YouTube

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados