Homem foi sugado por enorme buraco em seu quarto e não foi mais visto desde então

por Lucas Rabello
0 comentário 3,2K visualizações

No coração da Flórida, o quarto de um homem se transformou em um abismo de pesadelos quando um buraco se abriu sob ele. Jeffrey Bush foi engolido pela terra em 2013, deixando para trás um vazio de 30 metros onde seu quarto uma vez esteve. Seu irmão, Jeremy, relembra o horror, os gritos arrepiantes que cortaram a noite. Uma memória gravada na dor.

“Socorro!” Jeremy ouviu, um apelo desesperado de Jeffrey. Lutando contra o tempo, ele mergulhou no abismo enlameado, movido pelo amor fraterno, apenas para ser recebido por uma maré crescente de solo. Apesar de seus esforços valentes, Jeffrey permaneceu ilusório, engolido pela terra faminta. “Ele estava gritando meu nome”, lembra Jeremy, a angústia palpável em sua voz. Mesmo enquanto o chão continuava sua dança traiçoeira, seu único pensamento era o resgate. Mas o destino tinha outros planos. A própria fuga de Jeremy veio cortesia da intervenção oportuna de um policial de Tampa.

O resultado foi sombrio. Tentativas de desenterrar Jeffrey com equipamentos sofisticados não deram em nada. O local logo se transformou em uma zona de perigo, interrompendo quaisquer tentativas de resgate adicionais. A casa, uma vez santuário de uma família, foi demolida, sua fundação agora um leito de cascalho.

Ainda assim, o apetite da natureza não foi saciado. O buraco ressurgiu, exigindo isolamento dos curiosos e preocupados. A família de Jeremy, testemunhas da tragédia, luta com o vazio deixado por Jeffrey. Sua sobrinha, inocência entrelaçada com confusão, questiona o paradeiro de seu Tio Jeff. “Eu perdi tudo”, a voz de Jeremy se quebra, o peso da perda e responsabilidade pesado em seus ombros.

Homem foi sugado por enorme buraco em seu quarto e não foi mais visto desde então

A paisagem da Flórida, uma tapeçaria de beleza e perigo, abriga uma ameaça silenciosa sob sua superfície. Calcário, a fundação do estado, propenso à dissolução pela chuva, prepara o palco para essas armadilhas geológicas. Os registros do Departamento de Proteção Ambiental da Flórida de 2022 destacam essa saga contínua com 27.000 incidentes de buracos conhecidos como “sinkholes”, que podem surgir “do nada”. No entanto, esse fenômeno não é um fardo apenas da Flórida.

Do outro lado dos mares, em Yibin, China, um buraco fez um ato dramático fora de um shopping em 2020, reivindicando vinte e um carros em suas profundezas.

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados