Homem come lagartixa em festa… e morre

Uma família está procurando respostas depois que um pai de três filhos morreu 10 dias depois de se atrever a comer uma lagartixa em uma festa.

David Dowell, que tinha 34 anos, ousou comer uma lagartixa em uma festa de Natal em 1º de dezembro do ano passado. Depois de supostamente ingerir o animal, ele continuou a se divertir antes de ir para casa. Então, na segunda-feira, 3 de dezembro, ele começou a se sentir incrivelmente doente.

“Ele estava muito doente e no momento em que começou a vomitar ficou quase verde. Foi quando chamamos a ambulância”, disse a irmã de David, Hannah, ao Sydney Morning Herald (SMH).

Os médicos do hospital de Brisbane, em Mater, na Austrália, inicialmente acreditavam que ele sofria de gastroenterite ou ressaca e estavam prontos para dispensá-lo, informou o Independent. No entanto, a família insistiu que não era assim tão simples, e os médicos o admitiram novamente. Ele foi então diagnosticado com uma infecção por Salmonella, que nos dias seguintes começou a piorar.

A salmonela causa cerca de 1,2 milhões de doenças nos EUA a cada ano. A maioria das pessoas desenvolve dores abdominais, vômitos e diarréia e se recupera dentro de 4 a 7 dias sem tratamento. No entanto, pode ser mais grave, com 23.000 internações e 450 mortes nos EUA anualmente. As hospitalizações geralmente são necessárias quando a diarréia é tão intensa que causa desidratação.

A salmonela é geralmente causada por água ou alimentos contaminados. No entanto, os répteis também são uma fonte conhecida da doença bacteriana.

“O contato com os répteis pode ser uma fonte de infecções por Salmonella humana”, alertou o Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) em seu site, depois de um surto em 2015. “Os répteis podem carregar bactérias Salmonella, mas parecem saudáveis ​​e limpos e não mostram sinais de doença”.

Porque David comeu a lagartixa não está claro, com relatos conflitantes dos membros da festa. Seus sintomas pioraram, com a família relatando que ele estava em agonia antes de ser colocado em coma induzido.

“Seus testículos estavam inchados e havia vazamento de líquido deles”, disse sua mãe ao SMH. “[Os médicos] disseram que era normal, era apenas todo o fluido na cavidade do estômago.”

Na terça-feira, 11 de dezembro, apenas 10 dias depois de se atrever a comer a lagartixa, David morreu durante uma cirurgia após falência múltipla de órgãos.

A família tem preocupações e perguntas sobre como David foi tratado no hospital e agora está exigindo respostas, embora não estejam buscando um inquérito formal.

Eles também estão usando a atenção na morte de David para alertar os outros que devem procurar por sinais de envenenamento por Salmonella e perceber o quão perigoso isso pode ser para os infectados, para que outras famílias não tenham que passar pelo mesmo calvário.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.