Homem acidentalmente deixado sozinho em cela da polícia bateu recorde por sobreviver dias sem comida ou líquidos

por Lucas Rabello
0 comentário 299 visualizações

Imagine ser esquecido em uma cela por 19 dias. Foi exatamente isso que aconteceu com Andreas Mihavecz, um aprendiz de pedreiro austríaco de 18 anos, em 1979. Sua experiência, embora aterrorizante, levou-o a deter o recorde mundial do Guinness pela sobrevivência mais longa sem comida e água.

O calvário de Mihavecz começou quando ele foi erroneamente detido após ser passageiro em um acidente de carro. Ele foi colocado em uma cela de detenção em um prédio do governo local. Aqui é onde fica bizarro: todos os três policiais responsáveis por ele se esqueceram completamente que ele estava lá. Cada oficial pensava que um dos outros já o havia liberado.

Apesar das frenéticas indagações da mãe dele, os policiais ignoraram suas preocupações. A cela estava no porão, então, mesmo que Mihavecz gritasse por ajuda, ninguém podia ouvi-lo. Sua situação era desesperadora.

Dias se passaram, e Mihavecz foi deixado sozinho no escuro, sem comida ou água. Ele fez de tudo para sobreviver, recorrendo a lamber a condensação das paredes da cela para se manter hidratado. Seus gritos não foram ouvidos, suas súplicas não foram atendidas.

Após 19 dias, um outro policial finalmente notou um cheiro ruim emanando da cela. Investigando, eles descobriram Mihavecz, quase sem vida. Seu resgate marcou o fim de um calvário inimaginável. Ele precisou de meses para se recuperar do trauma físico e psicológico.

Durante seu tempo na cela, Mihavecz perdeu impressionantes 24 quilos. O corpo humano pode sobreviver até três semanas sem comida, mas apenas alguns dias sem água. Ele só conseguiu se manter vivo bebendo a água da condensação.

O desdobramento deste incidente levou os três policiais—Markus Weber, Heinz Ceheter e Erwin Schneider—a enfrentarem um julgamento criminal. Cada um culpou os outros pelo erro. No fim, eles foram multados pelo equivalente a R$ 10.000 cada,  pois não se pôde determinar quem era o mais responsável.

Inscreva-se no canal Mistérios do Mundo no YouTube

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados