A história do primeiro viral: chegava por e-mail em 1997, e era tão engraçado que o transmitiram na NBC

A palavra viral é um término que se popularizou há, pelo menos, uma década. Provavelmente o primeiro viral que muitos de nós nos recordamos, seja um de 2006, chamado “A queda de Edgar”. Era o início de uma pequena plataforma de vídeos chamada YouTube, onde alguém subiu um vídeo de um menino mexicano que lançavam sem piedade em direção a um riacho enquanto tentavam cruzá-lo caminhando sobre um galho. Enquanto caía, ele fazia um ruído engraçado no qual demonstrava sua dor e desespero.

Entretanto, a essa altura já haviam muito mais, e com toda certeza todos nós já nos deparamos alguma vez na vida com este vídeo, que foi, realmente, o primeiro viral da internet:

O vídeo, conhecido como Bad Day (Mal dia), chegou muito antes do YouTube e as redes sociais. Se tratava de um funcionário que, ao perder a calma, destruiu seu computador lerdo.

O vídeo começou a ganhar fama em 1997. Uma época especialmente difícil para que algo chegasse aos olhos de muitas pessoas se considerarmos a lentidão dos servidores de internet para baixar um vídeo de 30 segundos, há 20 anos atrás.

Youtube

Desgraçadamente, o famoso vídeo também é falso (ou fake, como dizem popularmente na internet). Era difícil perceber por sua baixa qualidade, mas o computador estava desconectado da tomada, e os dois participantes do vídeo dão algumas risadas enquanto o vídeo é gravado.

Youtube

 

O nome do sujeito estressado é Vinny Licciardi, que trabalhava em uma empresa de tecnologia no Colorado, Estados Unidos. Daí nasceu o vídeo: ambos trabalhavam em um sistema de câmeras de segurança, e necessitavam um exemplo para mostrar a seus clientes. Assim que utilizaram um monitor já quebrado, um gabinete de computador vazio, e um teclado que não funcionava. Tiveram que gravar o vídeo duas vezes, já que durante a primeira tentativa, começaram a rir, e gravaram tudo em um CD para mostrar o conteúdo nas feiras tecnológicas.

Youtube

Ambos pensaram que o vídeo não teria êxito nem repercussão em sua busca, quando um ano depois lhes chegou o reconhecimento, mas não pelo que eles esperavam: começaram a receber chamadas de clientes que os reconheciam. Eles asseguravam que estavam ficando famosos, e que tinham colapsado os servidores dos e-mails pelo “tamanho grande” do vídeo.

Youtube

Finalmente, o vídeo acabou chegando até a televisão, transmitido nada mais, nada menos que pela NBC: o mundo acreditava estar vendo um homem destruindo um computador.

Comentários
Carregando...