Frituras sempre fazem mal para o coração – verdade ou mito?

E se lhe disserem que frituras nem sempre fazem mal para a saúde? Você duvidaria?

Mas é exatamente isso que mostra um estudo publicado no Jornal Médico Britânico, que revela que não existe ligação conclusiva entre o consumo de alimentos fritos em azeite ou óleo de girassol e doenças cardíacas ou morte prematura.

O estudo foi realizado na Espanha durante 11 anos, e examinou aproximadamente 41 mil indivíduos com idades entre 29 e 69. Os participantes foram divididos em grupos, sendo que os que consumiam menos frituras comiam cerca de 45g por dia. Já os que comiam maior quantidade de alimentos fritos, ingeriam 250g diariamente. A média, por sua vez, era de menos de 145g diárias.

No período que sucedeu o estudo, foram relatados 606 eventos envolvendo problemas cardíacos entre os participantes, e ocorreram 1135 mortes. No entanto, nenhuma ligação entre as frituras e tais problemas cardíacos pode ser traçada.

Mas isso não quer dizer que você pode jogar todos seus cuidados para os ares e passar o mais rápido possível em um fast-food. Devemos levar em consideração que o estudo aconteceu na Espanha, e por isso leva em consideração apenas a dieta média espanhola. Além disso, o estudo não levou em consideração outras doenças que podem ocorrer a partir do consumo de frituras, como o ganho de peso e câncer. [Men’s Fitness]

Comentários
Carregando...