Fotógrafo registra o que as crianças comem ao redor do mundo

Gregg Segal é um fotógrafo que, intrigado pela vontade de descobrir o que as crianças comem ao redor do mundo, viajou por Índia, Estados Unidos, Malásia, Alemanha, França, Itália, Senegal, Emirados Árabes e Brasil para descobrir com seus próprios olhos (e lentes).

Em seu novo projeto, intitulado “Daily Bread: What Kids Eat Around the World”, ele mostra as crianças que encontrou durante seu projeto ao lado dos pratos que costumam consumir.

Confira algumas fotos do seu trabalho:

1. Ayme – Belém/PA

Nascida em Belém, no Pará, Ayme possui uma dieta muito boa quando comparada a outras crianças de sua idade. Ao fotógrafo, conforme ele conta em seu perfil no Instagram, a garota contou que sua comida favorita é o açaí, e como podemos ver nas fotos, ela possui uma alimentação bastante balanceada e saudável.

2. Henrico – Brasília/DF

Outro brasileiro que chama bastante atenção na lista de crianças fotografadas é Henrico, que vive em Brasília e possui uma alimentação muito diferente da dieta de Ayme. O garoto é um verdadeiro chocólatra, e como você pode ver na sua foto, não é assim tão fã de legumes, verduras e frutas.

3. Kawakanih – Parque Nacional do Xingú

A foto de Kawakanih, uma garota indígena que vive no Parque Nacional do Xingú, mostra que, como diz o fotógrafo, a Nestlé não alcança todos os lugares do mundo. Sua alimentação é baseada naquilo que sua tribo planta e encontra ao redor, e certamente não tem nada de parecido com a dieta da maioria das crianças da sua idade que vivem na cidade.

4. Amelia – Catania, Itália.

Saindo do Brasil e indo diretamente para a Itália, temos uma dieta bastante variada e colorida por parte de Amelia, uma garota de 12 anos que gosta muito de frutas e inclui vários vegetais em sua alimentação. À exceção de uma pizza, em um dia da semana, como não poderia faltar para uma boa italiana, não há muitos alimentos processados e industrializados em sua dieta.

5. Yusuf – Dubai.

Yusuf, natural de Dubai, nos Emirados Árabes, posando ao lado de belíssimos pratos da encantadora culinária árabe. Como você pode ver, pães e carnes não faltam!

6. Asma e Fatima – Dubai.

Asma e Fatima, também de Dubai, ajudam a ilustrar perfeitamente a culinária dos Emirados Árabes, que é apreciada também em várias outras partes do mundo.

7. Meissa – Senegal.

Um belo retrato da riqueza da culinária africana, mostrando como se alimenta o garoto Meissa, que vive em Senegal.

8. Nur Zahra – Malásia.

A pequenina Nur Zahra fotografada ao lado de seus alimentos favoritos. Como podemos ver, ela realmente gosta de Big Bang, que é uma marca de algas comestíveis bastante popular na Ásia. Sem dúvidas, uma dieta bastante diferente da que estamos acostumados no Brasil.

9. Sara Sissokho – Senegal.

Aqui podemos ver o que a pequena Sara, de Senegal, comeu durante uma semana. Apesar de ter uma alimentação variada e aparentemente rica em proteínas, ela não abriu de seus doces e refrigerantes favoritos!

10. Hank – Estados Unidos.

Este é Hank, o filho de Gregg. Como ele mesmo deixa claro em seu Instagram, ele pensa que seu filho deveria estar comendo mais produtos naturais, no entanto, sua dieta não é muito diferente do normal para uma criança dos Estados Unidos.

11. Lily – França.

A pequena Lily, fotografada ao lado de toda a variedade e beleza da culinária francesa.

12. Pranita – Mumbai, Índia.

Uma semana dentro da alimentação do pequeno Pranita, de Mumbai, na Índia.

13. Chetan Menge – Índia.

14. Anchal Sahni – Índia.

15. Prince – Nascido na Jamaica, vivendo nos Estados Unidos.

Prince nasceu na Jamaica, mas depois que seu primo foi assassinado com uma arma de fogo em sua terra natal, seus pais pensaram que a vida seria muito perigosa para o filho no país. Por isso, decidiram tentar a vida nos Estados Unidos.

16. Jesus – Estados Unidos.

Nascido no México, Jesus aparece na foto ao lado de elementos tradicionais da apimentada e saborosa culinária mexicana, bem como vários alimentos comuns nos EUA.

17. Mais um exemplo de como a alimentação das crianças estadunidenses não vai assim tão bem.

Gregg Segal faz questão de dizer, em suas publicações, que percebeu durante o seu projeto que as crianças estadunidenses realmente não comem muito bem quando comparadas aos jovens de outros países. Nesta foto, é possível ter mais um exemplo disso.

E você, o que achou do trabalho de Gregg?

buy metformin metformin online