Fotógrafo registra cena incomum e preocupante no Alasca

Dezenas de milhares de morsas vieram em terra em uma praia no norte do Alasca nas últimas semanas conforme o gelo do mar desaparece no Ártico, disseram as autoridades.

As morsas se reuniram perto de Point Lay, uma pequena vila na costa norte do Alasca a cerca de oito horas de Anchorage, a cidade mais populosa do estado. Andrea Medeiros, um porta-voz do Fish and Wildlife Service, dos EUA, disse que observadores encontraram cerca de 35 mil morsas no dia 02 de setembro durante um levantamento aéreo.

enhanced-23241-1441947581-6

Autoridades voaram de volta para a praia na última quinta-feira e estimaram que havia entre 15.000 e 20.000 morsas, embora Medeiros disse que as estimativas eram grosseiras porque foram feitas de um avião. Os números também sobem e descem conforme os animais vêm e vão para buscar comida.

Imagens das morsas começaram a circular depois que o fotógrafo Gary Braasch sobrevoou a praia no dia 23 de agosto. Ele voou para a área e, usando uma lente de telefoto, tirou várias fotos dos animais.

“Foi incrível ver”, disse Braasch. “Eu nunca tinha visto isso antes.”

As morsas muitas vezes passam o tempo no gelo flutuante do mar Ártico porque lhes dá fácil acesso às suas fontes de alimento. O problema é que não há gelo no momento.

Morsas se alimentam de moluscos, caramujos e minhocas no fundo do mar. Normalmente, os animais mergulham no oceano em busca de comida, então nadam de volta e descansam sobre o gelo. Quando não há gelo disponível, os animais têm que ficar na terra para descansar. Morsas sempre usaram terra seca, mas o gelo é particularmente útil para as fêmeas e animais mais jovens, que não sabem nadar tanto quanto os machos em águas abertas.

Morsas costumam ficar em blocos de gelo flutuantes. Quando não há, elas são obrigadas a ficar em terra firme.
Morsas costumam ficar em blocos de gelo flutuantes. Quando não há, elas são obrigadas a ficar em terra firme.

Algumas das morsas estão nadando 240 km de Point Lay para uma área de alimentação conhecida como Hanna Shoal.

De acordo com dados do National Snow and Ice Data Center, a quantidade de gelo marinho no Ártico atualmente está bem abaixo da média. O gelo do mar vem diminuindo no Ártico desde 1979, juntamente com o aumento da temperatura dos oceanos. [BuzzFeed]

Comentários
Carregando...