Notícias e artigos sobre ciência, incluindo espaço, biologia, arqueologia, e muito mais.

Fotógrafa faz 10 retratos de pessoas antes e depois de beijá-las e o resultado é brilhante

A maioria das pessoas foi ao Festival de Roskilde deste ano na Dinamarca por conta da música e da vibe, porém, a fotógrafa Johanna Siring foi com outra coisa em mente, e isso consistia tirar fotos de estranhos antes e depois de beijá-los.

A artista norueguesa que vive em Nova York transformou essas fotos em uma série chamada “Kiss A Stranger”, através da qual ela está tentando estabelecer uma conexão significativa e até mesmo transformadora com estranhos: “Ao criar novos relacionamentos e aprender sobre os pensamentos e ideias de estranhos, poderemos construir pontes e combater a ignorância e o julgamento “, disse Johanna ao i-D.

A fotógrafa abordava a pessoa (sem importar o gênero ou a raça) para tirar o primeiro retrato e então explicava sua ideia antes de beijá-los. Surpreendentemente, as pessoas deixam seus papéis conscientemente criados e apenas se tornam eles próprios. E pode ser que haja uma explicação biológica para isso: “Beijar pressiona todas as terminações nervosas em seus lábios”, explica Johanna, “causando uma liberação de dopamina e um aumento na oxitocina. É um aliviante de estresse instantâneo e cria um vínculo emocional imediato entre duas pessoas.”

Mais em: johannasiring.com | Instagram | Facebook

Fotógrafa faz 10 retratos de pessoas antes e depois de beijá-las e o resultado é brilhante

Comentários
Carregando...