Pular para o conteúdo
Fifa vai investigar polêmico chef Salt Bae por invasão na final da Copa

Fifa vai investigar polêmico chef Salt Bae por invasão na final da Copa

Houve uma grande polêmica em torno da presença do famoso chef Salt Bae, dono da churrascaria Nusr-Et, na comemoração argentina pela conquista da Copa do Mundo de 2022.

Segundo a Sky Sports, a FIFA decidiu abrir uma investigação sobre a presença de Salt Bae em campo, já que muitos atletas se sentiram “perseguidos” pelo chef turco, que tentava tirar uma foto com o troféu.

Apesar de não ser um jogador campeão ou mesmo um chefe de estado, Salt Bae foi visto segurando a taça da Copa do Mundo e tirando fotos com vários atletas.

O chef, que é originário da Turquia, mas conhecido por “dar moral” a artistas e jogadores de várias nacionalidades, publicou cinco postagens nas redes sociais comemorando a vitória da Seleção Argentina. Na comemoração, Salt Bae até correu para tirar uma foto com o craque argentino, Lionel Messi, cuja reação negativa foi registrada em vídeo e viralizou na internet.

O chef também conseguiu tirar fotos com Dí Maria e Christian Romero, sendo que este último chegou a entregar a taça para Salt Bae, o que é proibido pela FIFA. O chef então aproveitou o aparente descuido do atleta e conseguiu uma foto dele sozinho segurando o troféu.

Salt Bae ganhou popularidade na internet em 2017 com vídeos mostrando-o preparando e servindo bifes aos clientes. Sua estética única, tanto na aparência quanto no estilo de cozinhar, bem como seus pratos luxuosos com ingredientes de alto valor, fizeram dele uma celebridade.