11 fatos chocantes que te farão parar de roer unhas

A menos que você goste de ingerir mais de 10 milhões de germes por dia, é claro.

1. Existem todos os tipos de germes mais nojentos por baixo das suas unhas.

As pontas dos dedos são colmeias de maldade, e o lar de vários tipos de bactérias, fungos e germes. Um germe particularmente prevalente encontrado sob as unhas é o Staphlococcus aureus, que pode causar uma grande quantidade de infecções de pele, como furúnculos e abscessos.

2. Quando você morde e arranca a cutícula, as unhas se tornam um paraíso bacteriano ainda maior.

Em 2007, cientistas turcos testaram 59 pessoas para ver se o corte de unhas tinha algum efeito real no transporte de bactérias para a boca. Eles examinaram a boca de cada pessoa pela saliva para verificar a presença bactérias presentes inclusive na diarréia e vômito, como Escherichia coli e muitas outras nações começando com E. E adivinhe o quê? Setenta e seis por cento daqueles que mordiam as unhas tiveram resultado positivo, em comparação com apenas 26,5% dos não mordedores.

3. Ao morder as unhas, você está também danificando seus dentes.

View this post on Instagram

#chippedtooth #kaleidoscope

A post shared by monica monique (sh)martin (@monicamartin) on

Quem diria que uma pequena e inocente mordidinha poderia causar tantos problemas? Há casos reais que resultaram em fraturas dentárias, perda de dentes e maxilares soltos.

4. A probabilidade de desenvolver bruxismo é alta.

Se você rói as unhas quando está nervoso, então provavelmente você range seus dentes enquanto dorme (enfermidade conhecida como bruxismo). “Aqueles que rangem os dentes são muitas vezes estressados”, disse o Dr. Adam Roberts, professor sênior do departamento de doenças microbianas da UCL, “isso pode afetar muito negativamente aos dentes, causando, inclusive, a queda dos mesmos“.

5. Roedores de unha que usam aparelho podem causar danos irreversíveis aos dentes.

A Dra. Ansa Akram, professora em ortodontia da Universidade de Bristol, disse que não só o hábito colocou a estrutura metálica em risco de quebrar, mas também pode causar ou aumentar a reabsorção radicular nos dentes submetidos ao tratamento ortodôntico, o que significa que as próprias células do seu corpo começam a dissolver a estrutura dentária.

6. Roer as unhas pode causar gengivite.

Um estudo de caso particularmente horrível mencionado em um relatório do Dr. Carlene B. Krejci mencionou um menino que sofria de inchaço gengival debaixo de um de seus dentes depois de anos de roer suas unhas. Descobriu-se que havia 6 fragmentos de unhas sob seus dentes.

7. Pode inclusive causar mau hálito.

O mesmo estudo desagradável também descobriu que os roedores de unhas são propensos à halitose, também conhecido mau hálito. Há muitas bactérias que vivem na sua boca e a maior parte delas está destinada a estar lá, mas se você continuar colocando os dedos na boca, você também vai apresentar a elas uma tonelada de germes novos.

8. A ponta dos seus dedos se transforma em uma banheira de pus.

O problema é causado pela bactéria Staphylococcus aureus em pequenas feridas abertas e resulta na formação de pus ao redor das unhas.

9. Roer unha pode até mesmo causar sintomas de doenças sexualmente transmissíveis na sua boca. NÃO É PIADA.

 

Esse hábito horrível pode até CAUSAR HERPES. É bastante raro, mas houveram ocasiões em que o hábito resultou em lesões orais (nos lábios) graças a uma transferência de bactérias de um dedo para os lábios. Fique atento.

10. Esmalte é essencialmente um veneno e você não deveria roê-lo.

Eles contêm metanal (formaldeído) – o mesmo que utilizamos para embalsamar corpos falecidos.

11. E, finalmente, suas unhas podem NUNCA MAIS CRESCER.

 

Roer o suficiente para baixo da porção externa das unhas pode fazer com que as mesmas permaneçam como tocos PARA SEMPRE.

Comentários
Carregando...