Pular para o conteúdo

Fãs afirmam que Tim Burton fez Wandinha com conotações racistas: “Todos os vilões são negros”

Eu amo Jenna Ortega e que ela interpreta Wandinha, mas uma coisa que eu odeio nessa série é que todos os negros são pessoas terríveis. Como é que a Netflix não viu nada de errado nisso? Eu odeio o racista do Tim Burton“, comentou um fã chateado no Twitter.

A nova série da Netflix, “Wandinha”, parece ter encantado milhares de telespectadores ao redor do mundo e os mesmos números o dizem, já que com 341,2 milhões de horas de exibição, a série conseguiu se posicionar como a melhor estreia de uma série em inglês.

No entanto, muitos fãs mostraram que há um ponto que não gostam nem um pouco: o suposto racismo imposto à série por seu criador, Tim Burton. Isso porque praticamente todos os personagens afro-americanos perseguem Wandinha ou são simplesmente descritos como vilões.

Mistérios do Mundo

Netflix

Os seguidores deram como exemplo Bianca Barclay (Joy Sunday), a menina sereia da Academia Nevermore que continuamente competia com a protagonista, ou Lucas Wilson (Iman Marson), aquele jovem lutador e filho do prefeito corrupto.

“Por que todos os personagens negros em Wandinha são perseguidores? Tim Burton é muito nojento e racista”, “Não me interpretem mal, eu amo Jenna Ortega e que ela interprete Merlina, mas uma coisa que eu odeio nessa série é que todos os negros são pessoas terríveis. Como é que a Netflix não viu nada de errado nisso? Eu odeio o racista do Tim Burton”, comentaram algumas pessoas no Twitter.

Mistérios do Mundo

Netflix

Enquanto outros acrescentaram: “Boicote Wandinha. Veja Wendell e Wild. Faça Tim Burton refletir sobre sua estúpida estética racista”, #Estou tentando encobrir os tons racistas e anti-negros da série Wandinha da Netflix. Quem pensou em fazer de um negro dono de um parque temático de peregrinação está literalmente indo para o inferno”.

Burton não se pronunciou sobre esse questionamento, mas não é a primeira vez que é repreendido por esse tipo de ato. De fato, em 2016, uma grande polêmica foi gerada em torno dele depois de falar sobre diversidade no cinema e na televisão.

“Hoje as pessoas falam mais sobre isso. Eu me lembro quando eu era pequeno, assistindo The Brady Bunch e eles começaram a ficar politicamente corretos, incluindo um garoto asiático e um garoto negro. Eu cresci assistindo a filmes blaxploitation e isso é ótimo. Não me ocorreu que deveria haver mais pessoas brancas nesses filmes” , disse ele a Bustle na época.