Facebook proíbe a venda de todos os tipos de animais em sua plataforma. Eles querem protegê-los

Se as pessoas realmente amam os animais, a melhor opção é adotar um em vez de comprá-lo. Aqueles que vendem animais geralmente têm incubadoras ou fazendas de filhotes, onde forçam as fêmeas a engravidar de novo e de novo sem descanso, apenas para conseguir dinheiro.

Por mais que as pessoas amem o filhote que estão comprando e lhe dêem a melhor vida possível, sua mãe sofreu anos para que ele pudesse existir.

É por isso que o Facebook quer proibir a venda de animais em sua plataforma, para tentar diminuir – pelo menos um pouco – a exploração animal.

A plataforma está implementando novas políticas comerciais nas quais elevai restringir o publicações de vendas de animais perfis, páginas ou grupos.

Uma delas é excluir qualquer postagem relacionada à venda de animais, mas não nos casos de adoção. Como o algoritmo usado para isso ainda está em fase de aprimoramento, ele não é infalível. Por isso, a rede social pede que para cada vez que um usuário ver uma publicação de venda de animais, ele denuncie.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.