Ex-estrela de filmes adultos quer que todos os seus vídeos antigos sejam excluídos

por Lucas Rabello
2 comentários 52,4K visualizações

Aos 19 anos, Lana Rhoades, nascida Amara Maple, aventurou-se na indústria de filmes adultos. Originária de Chicago, EUA, Rhoades rapidamente descobriu as duras realidades por trás das câmeras. Menos de um ano após o início de sua carreira, ela deixou o ramo, atraída por um novo caminho além das luzes brilhantes do cinema adulto. Apesar de sua partida, seus vídeos continuam a circular na internet, uma pegada digital que ela não consegue apagar.

Em uma discussão franca no podcast ‘Tap In’ de Harry Jowsey, Rhoades falou sobre sua breve, mas impactante passagem pela indústria. Ela contou que se mudou para Los Angeles, atraída pela promessa de oportunidades de um agente. Em oito meses, divididos em períodos de quatro meses cada, a vida de Rhoades diante das câmeras se desenrolou até que um encontro decisivo mudou sua trajetória.

O encontro com um YouTuber que ganhava “15.000 dólares para postar uma foto com um Jeep” provocou uma realização para Rhoades. Ela questionou suas escolhas, comparando seu pagamento de 1.200 dólares por cenas adultas ao mundo lucrativo da influência nas redes sociais. “E eu pensei, ‘Caramba, recebo 1.200 dólares para fazer essa cena de sexo nojenta, por que diabos estou fazendo isso?'” ela expressou durante o podcast.

Essa epifania levou Rhoades a pivotar para construir sua marca como influenciadora. No entanto, sua fama na indústria adulta continuou a persegui-la, impulsionando-a para o topo dos rankings de busca em plataformas como o PornHub. O aumento do interesse de seus seguidores no Instagram em seu trabalho em filmes adultos não se traduziu em ganhos financeiros para Rhoades. Ela lamentou sua falta de controle sobre seu conteúdo passado, “Então, PornHub, muitos dos vídeos eu não tenho direitos sob ou de outra forma eu provavelmente já teria deletado todos eles até agora.”

Quando questionada sobre seus arrependimentos, Rhoades não hesitou em expressar seu desejo de recuperar sua dignidade e respeito. “Sim, eu realmente digo às pessoas que, se pudesse voltar, abriria mão de tudo para ter minha dignidade e respeito de volta e para que as pessoas não pudessem me ver dessa maneira,” ela admitiu.

Suas críticas à indústria de filmes adultos se tornaram mais severas com o tempo. Em 2022, Rhoades criticou duramente a indústria como ‘100% falsa’ e acusou-a de tratar os atores como ‘atos de circo’. Ela revelou uma verdade pessoal, identificando-se como ‘praticamente assexual’ e desinteressada em sexo, destacando um contraste gritante com sua persona pública criada durante sua breve carreira em filmes adultos.

2 comentários

Claudio Faust 22 de abril de 2024 - 17:14

É engraçada a cabeça do ser humano… FEZ, mas não quer que “apareça”. E tem gente que acha isso NORMAL !!! Fez POR DINHEIRO ??? OK !!! Qual é o problema ??? Foi um TRABALHO HONESTO !!! Agora está com “vergonhinha” dos filmes… Pensasse ANTES…!!! Pior do que brasileiro, NESSAS QUESTÕES, são os americanos TÍPICOS !!! O nome disso É HIPOCRISIA !!!

Responder
RICARDO 23 de abril de 2024 - 00:23

foi la, olhou pra escola, o trabalho num supermercado, ou numa lojinha da cidade dela, e achou que era chato, “acho que posso ganhar mais grana em los angeles sendo bonitinha” foi la, viu que modelo nao ia render, pegou novamente o caminho facil levando pirocada o dia todo. Ai foi, ganhou sua graninha, cresceu, e bem, nunca ta satisfeita como toda mulher, e qeuria mais… o problema é que antes, a atividade meio que queima o filme, quem quer vincular marca com uma fulaninha toda metralhada de piroca com hora se horas de video circulando? eu não ia… lide com as escolhas.

Responder

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados