A “etiqueta” de jantar no Japão

Você chega para comer na casa de  um amigo. Cumprimenta, entrega aquele engradado de cerveja, elogia a esposa, os filhos e vão para o jantar. Conversam, depois tomam café, assistem alguma coisa e assim acaba a noite, como qualquer “social” que fazemos no dia-a-dia. Pois no Japão, se você seguir essa linha, você passará como mal educado e talvez nunca será convidado. Os hábitos de receber uma visita são diferentes e criteriosos perante nós do ocidente, mas vamos ensinar a como se comportar numa casa japonesa.

Antes de chegar a casa do colega, passe em uma confeitaria ou em uma lanchonete e leve um agrado, um presente para o anfitrião, como educação. Isso é um costume para os adultos. Entretanto, adolescentes e crianças não seguem o protocolo. O dono da casa também precisa oferecer alguma coisa, porém, diferente daquilo que recebeu, senão, é considerado falta de educação. E antes de entrar, tire os sapatos. Na maioria das casas japonesas, existe o genkan, um degrau feito para deixar os calçados. Esse hábito mantém a casa limpa de sujeiras externas. Use meias para entrar.

Te ofereceu alguma bebida? Aceite. É um desagrado recusar um drink feito pelo anfitrião, não importa se é amigo ou colega de trabalho. Lembra quando brindamos e falamos a palavra “Tim Tim”? Esqueça disso, porque essa expressão alegre significa “pênis” na língua japonesa. Diga “Kanpai”, que quer dizer “saúde”. Estão à mesa? Lembre-se: o Japão preserva o sentido de humildade, por isso, não elogie esposa, esposo ou filhos, porque esse tipo de atitude aumenta o ego das pessoas e eles não gostam disso.

Inicie a refeição dizendo “Itadakimasu” (いただきます), que é um agradecimento a todos os envolvidos que colaboraram para que você possa estar comendo agora. Aproveite, a culinária japonesa é criativa e diversa e você pode adorar os pratos. Terminou? Agradeça ao dono da casa dizendo “Gochisōsama deshita” (ごちそうさまでした).

O Japão em Foco dá a última dica para você completa a boa impressão no seu chefe ou amigo. Terminaram de comer, de conversar e precisa ir? Eles não vão abrir a porta para você. O convidado abre a porta para sair, porque isso quer dizer que ele está saindo por pura vontade. Agora, está pronto para jantar em Tokio sem pagar mico e ter uma boa imagem perante os japoneses.

Veja também: Mais do autor

Comentários

Carregando...