Estudo mostra que você tem um “tipo” na hora de encontrar um amor

Um novo estudo realizado por psicólogos sociais da Universidade de Toronto revelou que, quando se trata de namorar, as pessoas realmente têm um ‘tipo’. A pesquisa descobriu que, quando as pessoas procuram por amor, elas buscam o mesmo tipo de pessoa várias vezes.

“É comum que quando um relacionamento termina, as pessoas atribuam o término à personalidade de seu ex-parceiro e decidem que precisam namorar um tipo diferente de pessoa”, disse o autor Yoobin Park, estudante de doutorado do Departamento de Psicologia da Faculdade de Artes e Ciências da Universidade de Toronto.

Namorando personalidades semelhantes

© Shutterstock

“Nossa pesquisa sugere que há uma forte tendência de continuarmos a namorar personalidades semelhantes”.

Esta conclusão vem de dados de um estudo de vários anos em curso sobre casais e famílias em vários grupos etários. A pesquisa analisou as personalidades de parceiros atuais e passados ​​de 332 pessoas em comparação, descobrindo que havia uma consistência significativa nas personalidades dos parceiros românticos de um indivíduo.

“O efeito é mais do que apenas uma tendência a namorar alguém parecido com você”, disse Park.

Os participantes do estudo, juntamente com seus parceiros atuais e anteriores, avaliaram seus próprios traços de personalidade em uma escala de cinco pontos. O que os pesquisadores descobriram foi que os atuais parceiros dos indivíduos se descreviam de maneiras semelhantes aos parceiros anteriores.

© Shutterstock

“O grau de consistência de um relacionamento para o outro sugere que as pessoas podem realmente ter um ‘tipo'”, disse o coautor do estudo, Geoff MacDonald, professor do Departamento de Psicologia da Universidade de Toronto. “E, embora esses dados não deixem claro por que os parceiros das pessoas exibem personalidades semelhantes, vale ressaltar que encontramos uma semelhança entre os parceiros acima e além da semelhança com a própria pessoa”.

“Nosso estudo foi particularmente rigoroso porque não confiamos apenas em uma pessoa que relembra a personalidade de seus parceiros”, disse Park. “Tivemos relatórios dos próprios parceiros em tempo real”.

Agora, os pesquisadores dizem que esperam que seu trabalho contribua para tornar os relacionamentos mais felizes.

“Em todo relacionamento, as pessoas aprendem estratégias para lidar com a personalidade do parceiro”, disse Park. “Se a personalidade do seu novo parceiro se assemelha à personalidade do seu ex-parceiro, transferir as habilidades que você aprendeu pode ser uma maneira eficaz de iniciar um novo relacionamento de forma mais saudável”.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.