Início » Bizarro » Estudante de arte come banana colada na parede avaliada em R$ 600 mil ‘porque estava com fome’

Estudante de arte come banana colada na parede avaliada em R$ 600 mil ‘porque estava com fome’

Lucas R.

Publicado em

Estudante de arte come banana colada na parede avaliada em R$ 600 mil 'porque estava com fome'
A apreciação da arte podem variar muito, mas pode-se presumir que comer uma obra de arte famosa estaria fora de cogitação. Ou não...

A apreciação e compreensão da arte podem variar muito de pessoa para pessoa, mas pode-se presumir que comer uma obra de arte famosa estaria fora de cogitação. No entanto, o estudante de arte sul-coreano Noh Huyn-soo teve outras ideias.

Enquanto visitava o Leeum Museum of Art em Seul, Huyn-soo removeu uma banana de uma instalação do artista italiano Maurizio Cattelan, descascou-a e começou a comê-la. A obra de arte, que apresenta uma banana presa a uma parede com fita adesiva, já havia sido vendida por US $120 mil (cerca de R$ 600 mil) em suas primeiras e segundas edições.

Sem se desculpar por suas ações, Huyn-soo foi filmado saboreando a banana na frente de outros visitantes do museu. Quando questionado sobre seus motivos, ele simplesmente explicou que estava com fome e acreditava que danificar uma obra de arte moderna poderia ser considerado arte em si. Ele até recolocou a casca da banana como uma piada.

Surpreendentemente, Cattelan, o artista original, não se abalou com a situação, afirmando que não havia “problema”. Essa reação tranquila pode ser devido ao fato de que a banana na instalação é substituída a cada poucos dias, tornando o fruto específico comido por Huyn-soo menos significativo.

https://www.youaatube.com/shorts/9puiJ1gp6_o

Esta não é a primeira vez que a obra de arte foi consumida. Em 2019, o artista performático David Datuna fez o mesmo durante a exposição de estreia da obra na Miami Art Basel. A facilidade com que a banana pode ser substituída pode contribuir para a resposta indulgente do artista e da comunidade artística.

Neste caso, tudo acabou bem, mas devo enfatizar que você definitivamente não deve tentar comer uma obra de arte, se é que podemos definir isso como arte.

Photo of author
Editor-chefe do portal Mistérios do Mundo desde 2011. Adoro viajar, curtir uma boa música e leitura. Ganhou o prêmio influenciador digital na categoria curiosidades.