Pular para o conteúdo
Estrela do OnlyFans que mais ganha US$ 100 mil por mês admitiu tomar banho apenas 37 vezes no ano passado

Estrela do OnlyFans que mais ganha US$ 100 mil por mês admitiu tomar banho apenas 37 vezes no ano passado

Uma estrela que ganha milhas de dólares por mês no OnlyFans, uma plataforma popular baseada em assinatura, revelou recentemente que ela tomou apenas 37 banhos no decorrer de 2022.

Aella, que supostamente ganhava cerca de $ 100.000 por mês na plataforma, compartilhou esta informação no Twitter como parte de um resumo de final de ano. O tweet gerou atenção generalizada, com muitas pessoas expressando choque e descrença com o baixo número de banhos que Aella tomou.

No entanto, ela defendeu seus hábitos de banho, explicando que tenta “não perturbar muito o microbioma natural da pele” e regularmente “lavar” certas áreas de seu corpo. Ela também afirmou que “não consegue sentir o cheiro” se tiver um odor ruim e que, se sentir um cheiro, geralmente é quando está sentada em casa na internet.

Estrela do OnlyFans que mais ganha US$ 100 mil por mês admitiu tomar banho apenas 37 vezes no ano passado

Reprodução

Embora possa parecer incomum para alguns, na verdade existem especialistas que argumentam que não é necessário tomar banho todos os dias ou mesmo em dias alternados.

A professora Sally Bloomfield, da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, afirmou que as pessoas não precisam tomar banho todos os dias e podem nem precisar tomar banho sequer.

De acordo com Bloomfield, o cheiro que pode vir de não tomar banho é causado por “micróbios em nosso corpo” e, embora um banho possa eliminar o cheiro, tomamos banho para limpeza e higiene principalmente porque é “socialmente aceitável”.

A Dra. Sarah Welsh também sugeriu que, do ponto de vista médico, as pessoas “provavelmente não precisam tomar banho mais de três vezes por semana”. O banho excessivo pode quebrar as barreiras naturais da pele e causar irritação e ressecamento.

Obviamente, os hábitos de banho são uma escolha pessoal e o que funciona para uma pessoa pode não funcionar para outra, e tudo varia de onde a pessoa vive, uma vez que morar em lugares mais quentes, como o Brasil, pode exigir uma quantidade maior de banhos.