Esta é a árvore mais assassina do mundo, e seu fruto se chama “maçã pequena da morte”

As árvores cumprem um papel importantíssimo no nosso ecossistema, seja por conta do oxigênio, por servir de lar para diversas formas de vida, por produzir alimentos ou mesmo por ser uma boa opção de abrigo em um dia de muito sol. De modo geral, as árvores são vistas como recursos extremamente benéficos, que devem ser preservados por nós a qualquer custo. E isso é verdade.

No entanto, há um tipo de árvore que corre na contramão de tudo o que você já aprendeu sobre elas: a Mancenilheira. A Hippomane mancinella, como é chamada cientificamente, é uma árvore extremamente nociva, comum na América do Norte, Central e em algumas partes da América do Sul (mais ao norte, como na Colômbia e Venezuela). Apesar dela não ocorrer no Brasil, é muito importante que você saiba identificá-la em uma viagem ou passeio, para evitar maiores problemas.

Reprodução

Isso porque a Mancenilheira pode causar sérias lesões em seres humanos de várias formas distintas. O seu fruto, bastante parecido com uma maçã, é altamente tóxico, e pode levar uma pessoa adulta à morte (não sem antes causar muita agonia e dor) com apenas uma mordida.

Reprodução

Mas não é apenas o fruto da Mancenilheira que merece atenção. Na verdade, a árvore em sua totalidade é perigosa, e deve ser evitado o contato com qualquer parte dela. Sua seiva, por exemplo, contém substâncias perigosas com o forbol, que pode causar alergias quando em contato com a pele humana. Há relatos até mesmo de intoxicações por contato com a água da chuva que entrou em contato com a árvore e depois acabou por cair sobre a pele de pessoas que passavam por perto dela. Apesar da morte pela ingestão do fruto não ser assim tão comum, já que depende de uma série de fatores, a literatura médica moderna alerta que o fruto pode causar, no mínimo, severas gastroenterites, com hemorragias e choque.

Algumas fontes sugerem que indígenas nativos do Caribe utilizavam a seiva desta árvore como veneno embebido em flechas, para aumentar a letalidade destas.

E se depois de conhecer a Mancenilheira você ficou curioso sobre os efeitos reais do seu fruto quando ingerido, confira o vídeo abaixo, que mostra um homem compartilhando sua reação após ingeri-lo. Obviamente, desencorajamos veementemente a ingestão de qualquer parte desta árvore. Por isso, não tente reproduzir a experiência do vídeo.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.