Notícias e artigos sobre ciência, incluindo espaço, biologia, arqueologia, e muito mais.

Esses são os 11 maiores erros de engenharia do mundo que terminaram em desastres

Falar de desastres nunca é algo legal, pois neles além de denotarmos terrivelmente as falhas humanas, lidamos também com a morte de milhares de vidas inocentes.

Entretanto, com eles podemos aprender uma coisa: que a negligência e a falta de conhecimento e modernização, podem ser de um preço impagável, com danos irreparáveis. Veja a seguir os 11 acidentes que marcaram história por erros de engenharia:

11 – O ônibus espacial Challenger

Mistérios do Mundo

Foi no dia 28 de janeiro de 1986 que este acidente ficou marcado para sempre na História. Apenas um minuto após o lançamento, o Challenger explodiu, matando os sete passageiros que estavam a bordo.

O acidente aconteceu devido o selamento interno do foguete, que era feito com juntas de borracha que não foram capazes de cumprir com sua função seladora. Sob a extrema pressão o gás invadiu o tanque de combustível que causou a explosão do foguete.

10 – O desastre do melaço em Boston

Aconteceu nos EUA em 1919 quando as instalações da Purity Distilling Company elaborou um tanque tão grande de melaço, com mais de 2 milhões de litros, que o desastre não foi outro: tanque explodiu, fazendo o melaço viajar por 35 milhas por hora e até mesmo matar 21 pessoas e diversos animais.

A negligência durante o processo de construção do tanque provocou diversas falhas de segurança, de modo que o acidente ficou conhecido como “o dilúvio de melaço”.

9 – Deepwater Horizon

Mistérios do Mundo

A plataforma de petróleo semi-submersível simplesmente explodiu devido falha mecânica nas torres de perfuração. Em 20 de Abril de 2010 180 milhões de litros de petróleo foram perdidos, causando a morte de 11 trabalhadores e  ferimentos graves em 17 outros funcionários.

A costa do Texas, Louisiana, Mississippi, Alabama e Flórida foi devastada com o vazamento, tendo seu meio ambiente prejudicado.

8 – A “metáfora da liberdade” do MIT

Mistérios do Mundo

A ligeira inclinação das paredes são ditas darem vertigem a muitas pessoas e o local teve de ser fechado, porém não por causa disso: o edifício começou simplesmente a se desintegrar após de 3 anos de funcionamento, através de rachaduras, goteiras e quedas de detritos.

O MIT abriu processos judiciais contra o arquiteto, pois além de tudo as paredes começaram a simplesmente balançar, sendo na verdade fruto de um grande improviso que o arquiteto chama de “metáfora da liberdade”.

7 – O sistema de Nova Orleans de Canais e Diques

Nova Orleans é uma cidade protegida por um rio, porém foi atingida pelo furacão Katrina em 2005.  O sistema de canais e diques de Nova Orleans não eram tão modernos e além de tudo estavam desarticulados e totalmente irregulares.

O desastre não podia ser pior: mesmo não tendo atingido Nova Orleans diretamente, o centro do furacão passou a leste da cidade e foi agravado por esse sistema de canais e diques que fizeram com que 80% da região ficasse inundada. As falhas foram encontradas pelo US Army Corps of Engineers, de modo que os Estados Unidos tiveram de investir mais de US $ 15 bilhões para resolver isso.

6 – Banqiao Reservoir Dam

Mistérios do Mundo

Construída no início dos anos 1950 na China para produzir energia e controlar inundações, havia um erro drástico presente que claramente, não terminou bem.

A barragem foi construída somente com 5 comportas enquanto no mínimo 12 eram  recomendadas. A obra levantava o lençol freático do local e, quando o tufão Nina ocorreu, o desastre matou 171 mil pessoas, com a proporção de uma explosão de 280.000 piscinas olímpicas.

5 – Hyatt Regency Crown

Mistérios do Mundo

Com 40 andares este hotel teve de ser fechado por uma terrível falha de conexão com o teto, que provocou um acidente que matou 114 pessoas e feriu mais de 200 hospedes.

Os engenheiros que fizeram o trabalho da passarela que caiu tiveram suas licenças retiradas e o dono do hotel mais de US$ 140 milhões em ações judiciais.

4 – A Torre de Pisa

Por mais de 800 anos o erro da torre permanece sendo seu charme, porém há uma falha terrível nela: a base era tão instável que em 1173, quando foi erguida, começou a se inclinar para o lado.

Várias formas de resolver o problema foram tentadas, mas uma obra de restauração em 1838 atingiu o lençol freático e inundou a base da torre. Mesmo sendo ordenado por Mussolini, que fosse aplicado cimento junto ao alicerce para tentar endireitar o monumento, nada pôde ser feito e a torre corre o risco de desabar em alguns anos.

3 – Explosão do Mont Blanc em Halifax

Mistérios do Mundo

Foi em 1917 que a cidade da Nova Escócia presenciou a explosão do navio Mont-Blanc, carregado de explosivos. Estima-se que duas mil pessoas tenham morrido neste acidente, que todavia foi causado pelo bloqueio de passagem de outro navio comercial, o Stella Maris.

Ambos recusaram-se a recuar, ao mesmo tempo que o Mont-Blanc entrava pelo canal. Como consequência houve a colisão de ambos, destruindo uma grande parte da cidade.

2 – A queda de Tacoma Narrows

A ponte pênsil Tacoma Narrows sofreu um terrível acidente no verão de 1940, em que foi aberta para o tráfego rodoviário. Os ventos atingiam a ponte em uma velocidade de 64 km/h fazendo a obra oscilar muito. O resultado da falha obra de engenharia, livres de um formato aerodinâmico adequado, fizeram a ponte desabar durante a madrugada.

Após o acidente a natureza dos fenômenos ondulatórios e a aerodinâmica passaram a ser mais cuidadosamente estudados.

1 – O desastre nuclear de Chernobyl

Mistérios do Mundo

Provavelmente você já conhece o maior desastre nuclear da História: o de Chernobyl.

Este desastre ficou mundialmente conhecido como o pior desastre nuclear da História. Um reator de estrutura explodiu em 26 de abril de 1986 na Central Nuclear de Chernobyl localizada na Ucrânia.

Os materiais radioativos liberados foram capazes de matar mais de 4 mil pessoas, além de quaisquer outros seres viventes de uma vasta área geográfica que engloba partes da Europa e da União Soviética.

E sabe por que tudo isso ocorreu? Por falta de manutenções preventivas nos reatores e inspeções adequadas, que fugiam às normas de segurança. Alguns dados confirmam mais de cem mil mortos, porém um sigilo mortal sobre o assunto é preservado pelas autoridades.

Conhecendo esses acidentes devemos reforçar nossas responsabilidades enquanto trabalhadores e cumprir as normas estabelecidas pelas leis.

[NTC]

Comentários
Carregando...