Esses são os 11 maiores erros de engenharia do mundo que terminaram em desastres

Falar de desastres nunca é algo legal, pois neles além de denotarmos terrivelmente as falhas humanas, lidamos também com a morte de milhares de vidas inocentes.

Entretanto, com eles podemos aprender uma coisa: que a negligência e a falta de conhecimento e modernização, podem ser de um preço impagável, com danos irreparáveis. Veja a seguir os 11 acidentes que marcaram história por erros de engenharia:

11 – O ônibus espacial Challenger

Foi no dia 28 de janeiro de 1986 que este acidente ficou marcado para sempre na História. Apenas um minuto após o lançamento, o Challenger explodiu, matando os sete passageiros que estavam a bordo.

O acidente aconteceu devido o selamento interno do foguete, que era feito com juntas de borracha que não foram capazes de cumprir com sua função seladora. Sob a extrema pressão o gás invadiu o tanque de combustível que causou a explosão do foguete.

10 – O desastre do melaço em Boston

Aconteceu nos EUA em 1919 quando as instalações da Purity Distilling Company elaborou um tanque tão grande de melaço, com mais de 2 milhões de litros, que o desastre não foi outro: tanque explodiu, fazendo o melaço viajar por 35 milhas por hora e até mesmo matar 21 pessoas e diversos animais.

A negligência durante o processo de construção do tanque provocou diversas falhas de segurança, de modo que o acidente ficou conhecido como “o dilúvio de melaço”.

9 – Deepwater Horizon

A plataforma de petróleo semi-submersível simplesmente explodiu devido falha mecânica nas torres de perfuração. Em 20 de Abril de 2010 180 milhões de litros de petróleo foram perdidos, causando a morte de 11 trabalhadores e  ferimentos graves em 17 outros funcionários.

A costa do Texas, Louisiana, Mississippi, Alabama e Flórida foi devastada com o vazamento, tendo seu meio ambiente prejudicado.

8 – A “metáfora da liberdade” do MIT

A ligeira inclinação das paredes são ditas darem vertigem a muitas pessoas e o local teve de ser fechado, porém não por causa disso: o edifício começou simplesmente a se desintegrar após de 3 anos de funcionamento, através de rachaduras, goteiras e quedas de detritos.

O MIT abriu processos judiciais contra o arquiteto, pois além de tudo as paredes começaram a simplesmente balançar, sendo na verdade fruto de um grande improviso que o arquiteto chama de “metáfora da liberdade”.

7 – O sistema de Nova Orleans de Canais e Diques

Nova Orleans é uma cidade protegida por um rio, porém foi atingida pelo furacão Katrina em 2005.  O sistema de canais e diques de Nova Orleans não eram tão modernos e além de tudo estavam desarticulados e totalmente irregulares.

O desastre não podia ser pior: mesmo não tendo atingido Nova Orleans diretamente, o centro do furacão passou a leste da cidade e foi agravado por esse sistema de canais e diques que fizeram com que 80% da região ficasse inundada. As falhas foram encontradas pelo US Army Corps of Engineers, de modo que os Estados Unidos tiveram de investir mais de US $ 15 bilhões para resolver isso.

Use o menu abaixo para continuar lendo o artigo.

Veja também: Mais do autor

Comentários

Carregando...