Notícias e artigos sobre ciência, incluindo espaço, biologia, arqueologia, e muito mais.

Esses 10 locais famosos guardam segredos obscuros sobre o passado

Quando se trata de locais ao redor do mundo, ficamos maravilhados com tantas opções históricas e interessantes disponíveis para visitarmos. Porém, há algumas áreas com históricos complicados que, ao descobrirmos pelo que passaram, ficamos um pouco mais receosos de visitá-las. De qualquer maneira, confira a seguir 10 locais famosos que guardam segredos obscuros sobre o passado.

Quem sabe você não muda de ideia, não é mesmo?

10. A Estátua Blue Mustang já matou alguém:

Moradores da região o chamam de “Bluecifer” ou “Cavalo de Satanás”. A escultura de olhos vermelhos de 4.000 kg, situada no Aeroporto Internacional de Denver já matou seu criador, Luis Jiménez, caindo sobre ele e cortando uma artéria da perna.

9. O rio Tamisa é um famoso local de suicídio:

O rio mais famoso da Inglaterra foi apelidado pelo site The Guardian como “O Cemitério Aguado”. O local retira cerca de 60 cadáveres do rio todos os anos, uma média de um corpo por semana.

8. A estátua da Pequena Sereia é constantemente vandalizada

A considerada Estátua da Liberdade da Dinamarca tem sido alvo de horríveis vandalismos desde os anos 60. Já a explodiram, a decapitaram, arrancaram seus braços e já foi pintada várias vezes de vermelho e azul, etc…

7. O Farol de Gibraltar Point é o local do primeiro assassinato não resolvido de Toronto

Há séculos, o guardião do farol desapareceu deixando somente manchas de sangue nos degraus de madeira do local. Rumores diziam que ele havia sido brutalmente desmembrado. Um século depois de seu desaparecimento, seus restos foram encontrados espalhados em torno do farol.

6. A Torre Eiffel era um popular local de suicídio

A Torre Eiffel detém um número de mais de 350 suicídios, alguns dos quais optaram por se pendurar da torre. Barricadas preventivas foram desde então construídas juntamente com mais segurança para preservar a imagem do monumento.

5. Coney Island é o local onde ocorreu um terrível incêndio

Em 1911, o maior parque de diversões de Coney Island foi tomado por chamas. Dezenas de animais que estavam em gaiolas no parque tiveram que ser mortos por seus proprietários para que não queimassem até a morte.

Um dos leões fugiu e correu pelas ruas com sua juba em chamas, sendo baleado 60 vezes antes de um bombeiro derrubá-lo com um machado.

4. A Grande Muralha da China é na verdade um grande cemitério

Estima-se que cerca de 400 mil construtores civis morreram trabalhando na Grande Muralha, sendo enterrados durante sua fundação, que ganhou o apelido de “o cemitério mais longo da Terra”.

3. Parte da Universidade de Cambridge foi construída sobre um enorme cemitério

Sob a Old Divinity School da Faculdade de St. John, encontra-se uma das maiores sepulturas encontradas em toda a Grã-Bretanha, com uma quantidade impressionante de 1300 enterros que remontam ao período medieval. Um hospital ficava em frente ao cemitério e os trabalhadores costumavam enterrar os pacientes que faleciam ali.

2. A Ponte dos Suspiros foi construída para travessia de prisioneiros

Aquela linda ponte de Veneza, conhecida pelos característicos barcos gôndolas, luas de mel e que apareceu no vídeo da música “Like a Virgin” de Madonna foi construída para transferir prisioneiros de salas de interrogatório para prisões. O local possui esse nome devido aos suspiros dos prisioneiros após suas últimas vistas de Veneza e antes de serem levados para as celas.

1. A Abadia de Westminster ficou escura devido à poluição

A maior igreja da Grã-Bretanha já ficou uma vez extremamente escura e amarela. A causa da descoloração severa da igreja foi devido a uma neblina espessa que asfixiou mais de 4.000 cidadãos de Londres em 1952. Foram necessários 20 anos de restauração para se livrar das camadas de sujeira tóxica. [Cracked]

Comentários
Carregando...