Esses 10 animais agradeceram seus salva-vidas das maneiras mais adoráveis possíveis

Animais são verdadeiramente fascinantes – nunca podemos prever o que farão, de modo que acabamos muitas vezes nos surpreendendo de diversas maneiras com eles. Há muitas pessoas que pensam que os seres humanos são as únicas criaturas que podem sentir emoções profundas, mas isso não pode estar mais longe da verdade. Os animais que você verá a seguir provam isso: quem disse que é necessário ser humano para ser grato, afinal?

Prepare-se para ver seu coração derreter com esses 10 animais que agradeceram seus salva-vidas das maneiras mais adoráveis possíveis:

1 – Abraços de gratidão

Esse abraço ocorreu quando Abigail, uma canguru resgatada e levada ao Alice Springs Reserve, na Austrália, tinha apenas cinco meses de idade. Como o pessoal da reserva cuidou tão bem dela, Abigail tornou sua missão dar abraços de gratidão nas pessoas. Ela parece ter dado um bom exemplo, porque mesmo os menores cangurus começaram a dar abraços também.

2 – Beijos para um herói

Durante uma tempestade no Texas, Duke e seu dono ficaram presos nas enchentes. Enquanto seu dono lutava para segurar o cão, ele ligou para o 911. Felizmente, os bombeiros os encontraram e os salvaram. Assim que Duke chegou à terra segura, ele correu em direção ao bombeiro que o salvou. Ele então mostrou sua gratidão saltando sobre ele e  beijando-lhe o rosto sem parar.

3 – Melhores amigos para sempre

Este adorável esquilo foi encontrado depois de ser atacado por uma coruja. Descobriu-se que era uma fêmea e, desde que foi ferida, a família a acolheu para cuidar de sua saúde. Eles a chamaram de Bella. A família manteve Bella por cinco meses enquanto ela estava se recuperando. Embora Bella tenha sido solta de volta à natureza, todos os dias ela os visita desde que se conheceram, há 8 anos.

Leia a história na íntegra: Esquilo bate na janela todos os dias. 8 anos depois a família percebe o que ele queria dizer.

4 – Um cisne que nunca esquece

Enquanto o explorador Richard Wiese estava visitando um local britânico de cisnes, ele notou que havia um cisne preso em uma cerca. Depois de libertar a ave, Richard o levou ao santuário para que o tratassem. Eles se viram novamente vários anos depois, mas o cisne não o esqueceu. O cisne envolveu seu pescoço ao redor de Richard e deu-lhe um bom “abraço de cisne”.

5 – Um amor de alce

Erikas Plucas, um fazendeiro da Lituânia, estava do lado de fora de sua casa certo dia quando encontrou um alce bebê parado em seu celeiro. Erikas percebeu que o alce era órfão e fêmea, de modo que a chamou de Emma e decidiu que a criaria até que ela tivesse idade suficiente para se juntar a outro alce. Assim que cresceu, Emma voltou para a floresta, mas ela ainda passa para dar um oi a Erikas todos os dias.

6 – Fique atento aos seus vizinhos

Uma família compassiva na Noruega salvou esse cervo selvagem que corria perto de sua casa evitando ser morto por caçadores. O cervo ficou tão grato que ele visita a família duas vezes por ano. Depois de esperar pacientemente do lado de fora da janela para que até que todos acordem, a família  dá um delicioso pão e alguns carinhos para seu querido visitante.

7 – “Fico contente por você voltar”

Gigi, uma coruja-de-chifres foi levada ao Wild At Heart Rescue em Mississippi depois de ter sido atingida por um carro. Doug Pojeky foi responsável pelos cuidados de Gigi até que se recuperasse. Quando Doug precisava viajar, Gigi foi mantida sob supervisão. Quando ele voltou, Gigi deu uma abraço de saudade envolvendo suas asas em volta dele e descansando sua cabeça em seu ombro.

8 – Grato pela ajuda

Depois que esse cão se machucou, sua família o levou ao veterinário para ser tratado. Como o cachorro estava com tanta dor e os veterinários não queriam que ele tivesse medo, a equipe foi muito cuidadosa e gentil. Assim que sua dor passou, o cachorro mostrou ao veterinário o quão grato estava.

9 – Amizade selvagem

Quando um grupo de soldados do Brasil encontrou uma jovem onça machucada, eles decidiram tomar conta dela. Porém mesmo que tenham a auxiliado a recuperar sua saúde, ela não mais conseguiria sobreviver na natureza. Por sorte, o governo local disse que poderiam mantê-la! Os soldados a chamaram de Jiquitaia e, por mais difícil que seja acreditar, ela é muito amável.

10 – Um assistente peludo

Um gato de dois meses chamado Rademenesa teve uma inflamação respiratória e foi levado ao veterinário. A equipe da clínica notou que, enquanto estava em recuperação, ele era muito atencioso e gentil com os outros pacientes. Por isso, eles o deixaram ficar mais um tempo, colocando-o para trabalhar nos cuidados de outros animais. E ele está lá até hoje, você acredita?

Conheça Lucifer, o gato que virou enfermeiro.

Incrível, não?

[LifeBuzz]

Comentários
Carregando...