Esse cientista fez um pão usando leveduras egípcias de mais de 4500 anos

Seamus Blackley, que também é famoso por ter idealizado o videogame Xbox, dessa vez resolveu se aventurar em uma nova operação de criação um pouco diferente de jogos como está acostumado: ele fez um pão usando leveduras egípcias de tempos ancestrais.

@SeamusBlackley / Twitter
@SeamusBlackley / Twitter
@SeamusBlackley / Twitter

Blackley postou no Twitter como ele, junto com dois cientistas (um egiptólogo e um microbiologista), coletou levedura de uma cerâmica egípcia de 4.500 anos de idade. Eles coletaram amostras de contêineres que eles suspeitavam que eram usados ​​para fazer pão e fabricar cerveja no Egito Antigo. Blackley manteve uma única amostra do fermento antigo e usou cevada moída, bem como farinha de Einkorn para “despertar” a levedura. Após uma semana de espera, o cientista estava pronto para começar a assar!

@SeamusBlackley / Twitter
@SeamusBlackley / Twitter

O pai do Xbox tentou usar os mesmos ingredientes que os antigos egípcios usariam para fazer o pão e descreveu o cheiro da levedura de 4.500 anos e o pão como algo diferente do que estamos acostumados: “O miolo é é leve e arejado, especialmente para um pão de grãos 100% antigos. O aroma e o sabor são incríveis. Estou emocionado. É realmente diferente e é fácil de perceber, mesmo que você não seja um nerd de pão. Isso é incrivelmente emocionante e estou tão impressionado que deu certo”.

@SeamusBlackley / Twitter
@SeamusBlackley / Twitter
@SeamusBlackley / Twitter

A empolgação gastronômica de Blackley é compreensível. Os cientistas têm experimentado antigas culturas alimentares há algum tempo. Por exemplo, em maio de 2019, cientistas da Universidade Hebraica de Jerusalém, em Israel, fabricaram cerveja a partir de uma levedura de 5.000 anos, encontrada em cacos de cerâmica que eram usados ​​como jarros de cerveja em tempos antigos.

Blackley “alimentou” o fermento com farinha de cevada e Einkorn

@SeamusBlackley / Twitter
@SeamusBlackley / Twitter
@SeamusBlackley / Twitter

Não é de surpreender que Blackley tenha usado leveduras encontradas na cerâmica egípcia antiga – era seu “toque especial”. Os egípcios amavam pão e faziam dele o alimento básico: pessoas de todas as classes e credos comiam pão em todas as refeições.

Depois de esperar por uma semana, era hora de começar a assar!

@SeamusBlackley / Twitter
@SeamusBlackley / Twitter

O cientista usou os mesmos ingredientes que os antigos egípcios usavam para o pão

@SeamusBlackley / Twitter
@SeamusBlackley / Twitter
@SeamusBlackley / Twitter

Blackley ficou extremamente feliz que seu projeto foi um sucesso – seu pão parecia absolutamente delicioso!

@SeamusBlackley / Twitter
@SeamusBlackley / Twitter
@SeamusBlackley / Twitter

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.