Essas 20 perguntas são capazes de fazer alguém se apaixonar por você imediatamente

Você se considera uma pessoa romântica, que está em busca da sua “metade da laranja”? O que você acha que faz duas pessoas se apaixonarem: a magia do amor ou a ciência?

Bem, seja lá qual for sua resposta, o título dessa matéria deve ter te chamado a atenção por parecer bizarro, não é mesmo?

Apesar de realmente parecer, saiba que essas perguntas foram elaboradas pelo psicólogo Arthur Aron, em um experimento feito em 1997. Após vinte anos depois, o teste veio à tona e estudado pela colunista do New York Times Mandy Len Catron e o mais impressionante é que de fato deu certo.

@Shutterstock

No experimento realizado em 1997, Aron usou como cobaias um homem e uma mulher que nunca tinham se visto antes: assim sendo, os dois tiveram 45 minutos para responder às perguntas e deveriam, por quatro minutos, olhar um nos olhos do outro.

O mais bizarro de tudo é que eles se casaram seis meses depois e convidaram o psicólogo para a cerimônia até.

Intrigada, Mandy resolveu ser a cobaia do teste e resolveu escrever uma coluna ao New York Times relatando a sua experiência. De acordo com ela, ela está namorando a pessoa que também foi cobaia do teste.

Será que existe alguma fórmula milagrosa para o amor? De qualquer forma, iremos divulgar as perguntas para você – faça-as com alguém e depois nos diga se deu certo, ok?

20 – Se você pudesse ter um jantar com qualquer pessoa no mundo, quem escolheria? Por que? 

19 – Você gostaria de ser famoso? Em que sentido?

18 – Como é “um dia perfeito” para você?

@Pixabay

17 – Qual é a coisa na sua vida pela qual você se sente mais grato?

16 – Se você pudesse acordar amanhã com uma habilidade ou qualidade nova, o que seria?

15 – Em quatro minutos, conte-me a história da sua vida com o maior número de detalhes possível.

@Pixabay

14 – Se você pudesse mudar qualquer coisa sobre a forma como foi criado, o que mudaria?

13 – O que amizade significa para você? O que você valoriza mais em uma amizade?

12 – Qual é a sua memória mais valiosa? E a mais terrível?

@Pixabay

11 – Qual foi a maior realização da sua vida?

10 – Tem alguma coisa que você sonha em fazer há muito tempo? Por qual motivo você não fez ainda?

9 – Se uma bola de cristal pudesse contar a verdade sobre você, sua vida, o futuro ou qualquer outra coisa, o que você gostaria de saber?

@Pixabay

8 – Quão próxima é a sua família? Você acha que a sua infância foi mais feliz do que a infância da maioria das pessoas?

7 – Quando foi a última vez que você chorou em frente a uma pessoa? E quando chorou sozinho pela última vez?

6 –  “Conte algo que você gosta sobre mim”

@Pixabay

5 – O que você considera um assunto sério demais para se fazer piada a respeito?

4 – Imagine que sua casa e tudo o que você possui, pegue fogo. Após salvar as pessoas e bichos de estimação que estejam lá, tendo tempo para salvar apenas um item, o que você salvaria? Por que?

3 – De todas as pessoas da sua família, a morte de quem seria mais perturbadora para você? Por quê?

@Pixabay

2 – Qual é a coisa que considera mais importante que um parceiro saiba sobre você?

1 – Se você fosse morrer no final do dia de hoje sem a chance de poder se comunicar com ninguém, o que você se arrependeria de não ter dito a alguma pessoa? 

E, depois da pessoa dizer, pergunte: “E por que não disse ainda?”

E você, o que achou dessas perguntas? Já sabe quando irá usá-las? Já as usou em alguém? Conte pra gente nos comentários!

você pode gostar também
1 comentário
  1. Igor Viana Müller Diz

    Já tinha visto essa matéria em uma reportagem alemã no YouTube. Eu gostaria que só existissem pessoas loiras no mundo, com mais de 1,80m, covinhas no queixo e nas bochechas, pele sem pintas, sem verrugas, sem manchas e sem tatuagens, cabelo liso, quadris extreitos, ombros largos, panturrilhas grossas e bem torneadas, nariz arrebitado, corpo musculoso, lábios bem delineados, olhos azuis, tudo bem proporcionado, simétrico e perfeito, que a língua oficial fosse o alemão, que não existissem homoeroticistas nem deficientes. Infelizmente, os marxistas culturais transformaram todo desejo de ser feliz em acusações de “racismo” e “discurso de ódio”, somos obrigados a fingir ser quem não somos e a mentir o tempo todo. O que os comunistas mais invejam é a sinceridade e a honestidade, por isso eles fazem de tudo para destruir a beleza e o amor.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.