Escultura gigantesca italiana do século 16 esconde salas secretas em seu interior

Localizada em Florença, na Itália, a escultura intitulada “Colosso”, feita pelo escultor Giambologna, é um dos grandes símbolos dos Apeninos. Com mais de 10 metros de altura, esta magnífica obra de arte guarda um segredo pouco conhecido em seu interior. Dentro do monumento há uma série de salas escondidas, cada uma com sua função, todas programadas para fazer com que o Colosso pareça estar vivo. Por exemplo, há uma sala interior que, de acordo com relatos, teria sido planejada para abrigar uma espécie de fogueira, que iria liberar fumaça por meio das narinas do Colosso.

A gigantesca escultura foi construída em homenagem ao Deus Apenino, para representar a ligação entre o ser humano e a natureza, na forma das Montanhas dos Apeninos. Desde 2013, a escultura localizada na Villa Demidoff, é considerada Patrimônio da UNESCO.

Este é o gigante “Colosso”, monumento inaugurado em meados de 1500 pelo renomado escultor italiano Giambologna.

Stephen H.

Com mais de 10 metros de altura, o monumento fica localizado em Florença, na Itália.

imgur

Nesta maquete é possível ter uma ideia das salas escondidas no interior do monumento.

Andreas Angelidakis
Andreas Angelidakis

Dentro do colosso, além das salas, há uma série de grutas.

Andreas Angelidakis
Delicious Malicious
Delicious Malicious
você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.