Elon Musk pagou quase $ 1 milhão por carro abandonado encontrado em depósito de $ 100

por Lucas Rabello
0 comentário 1,2K visualizações

Elon Musk, com sua conhecida predileção pelo extraordinário, desembolsou 997 mil dólares em um carro com uma história bastante singular em 2013. Esse não era um carro qualquer — era o Lotus Esprit de 1976 do filme de James Bond de 1977, “O Espião que me Amava”, famoso por se transformar em um submarino e disparar mísseis embaixo d’água.

A jornada do Lotus Esprit até as mãos de Musk começou em 1989, quando um casal desavisado de Long Island, Nova York, encontrou-o por acaso. Eles haviam dado um lance de apenas 100 dólares em um depósito não reclamado em um leilão. Mal sabiam eles ou o vendedor o que estava escondido sob cobertores empoeirados dentro: uma peça da história cinematográfica e automobilística.

Quando o casal descobriu o carro, não tinha ideia de sua importância. “Eles realmente não sabiam o que era”, comentou Doug Redenius, que mais tarde autenticou o carro. De fato, eles nunca haviam visto um filme de Bond e desconheciam o valor de sua descoberta. Segundo Redenius em uma entrevista de 2013 à NBC, o carro havia sido deixado na unidade de armazenamento por mais de uma década após sua estreia na tela prateada.

Elon Musk pagou quase $ 1 milhão por carro abandonado encontrado em depósito de $ 100

Com a intenção de consertar o Lotus, começando pelo teto amassado, o casal carregou o carro em um caminhão. Foi então que os caminhoneiros os informaram sobre a verdadeira identidade do carro. Percebendo que tinham um carro de Bond em mãos, começaram a exibi-lo em várias exposições ao longo dos próximos vinte anos.

Em 2013, o casal decidiu leiloar o carro. No leilão da RM Sotheby’s, ele foi vendido a um comprador secreto. A identidade do comprador foi mais tarde revelada como sendo Elon Musk, o mesmo empresário que pretende colonizar Marte até 2029.

A compra de Musk diz muito sobre seu gosto pelo extraordinário. Comprar um carro que também é um submarino? Isso é a quintessência da excentricidade de Musk. No entanto, isso se encaixa perfeitamente com um homem cujas empreitadas vão de carros elétricos a espaçonaves. Se ele planeja integrar a tecnologia do carro de Bond nos futuros Teslas ou se foi simplesmente cativado pelo seu fator “cool”, os motivos de Musk são tão intrigantes quanto a própria compra.

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados