Dwayne Johnson tem uma cláusula estranha em todos os seus contratos de cinema

por Lucas Rabello
0 comentário 1,2K visualizações

Artistas frequentemente têm exigências peculiares detalhadas em seus contratos, mas algumas são mais astutas do que parecem. Pegue o truque clássico de exigir uma tigela de M&Ms com todos os de cor laranja removidos — não é apenas um capricho excêntrico, mas um teste inteligente para verificar se o contrato foi lido minuciosamente.

Mas vamos falar sobre Dwayne Johnson e seu estilo particular de cláusula contratual. Essa saga começa com a franquia “Velozes e Furiosos”, onde manter uma persona de durão é fundamental. Eis o detalhe: os contratos de Johnson supostamente estipulam que ele não pode perder uma luta na tela ou mesmo parecer sofrer muitos danos durante suas brigas cinematográficas.

“The Wall Street Journal” destacou que Vin Diesel foi na verdade o pioneiro dessa cláusula de durão dentro da franquia. Diesel criou um sistema único, quantificando cada golpe que recebia na tela e fazendo com que fossem contados para garantir a conformidade com seu contrato. Esse sistema meticuloso era supervisionado por ninguém menos que sua irmã mais nova, que também atuava como produtora.

Dwayne Johnson tem uma cláusula estranha em todos os seus contratos de cinema

Vendo os arranjos de Diesel, Johnson e Jason Statham não perderam tempo e teceram estipulações semelhantes em seus próprios contratos. Segundo relatos, Johnson, aos 47 anos, empregava uma equipe incluindo produtores, editores e coordenadores de luta para equilibrar suas escaramuças na tela. O mantra era simples: ele não precisava sempre vencer, mas absolutamente não poderia parecer estar em desvantagem.

Statham, então com 51 anos, não ficou para trás. Reporta-se que ele garantiu um acordo com o estúdio que limitava o quanto ele poderia parecer machucado nos filmes. Esse tipo de acordo certamente vem com seu conjunto de desafios, especialmente quando dois atores com tais cláusulas têm que se enfrentar na tela. A situação é semelhante a uma força incontrolável encontrando um objeto imóvel — as lutas em filmes como “Velozes e Furiosos 7” exigiam uma coreografia precisa para garantir que os contratos de ambos os atores fossem respeitados.

Essa estratégia, que começou dentro da série “Velozes e Furiosos”, não foi apenas um caso isolado para Johnson. O aficionado por notícias de cultura empresarial Charles Peralo, conhecido por seus vídeos no TikTok, afirmou que Johnson trouxe essa prática para outros projetos. As implicações de tais cláusulas são consideráveis, afetando tudo desde o roteiro até a sala de edição, garantindo que a imagem de durão permaneça intocada em vários confrontos cinematográficos.

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados