Durante oito meses esse garoto não perdeu a esperança de encontrar seu cão perdido. O reencontro foi emocionante

Resgatar um cão das ruas é um dos gestos mais nobres que alguém pode fazer. Dar a ele um lugar, amá-lo, aceitá-lo em uma família, são coisas que, tanto para o animal como para o dono, são extremamente valiosas.

Foi exatamente isso que fez Rocco, um garoto de 11 anos que durante um passeio em família encontrou um cão de rua que o seguiu durante todo o dia. Não levou muito tempo para que ambos descobrissem que sentiam muito carinho um pelo outro, e para que se tornassem inseparáveis.

Facebook

Durante quatro anos, Rocco e Jack foram uma equipe. Sempre estavam juntos. Brincavam, cuidavam um do outro e tinham uma profunda relação. No entanto, um dia o cão simplesmente desapareceu. Sem nenhum motivo aparente, Jack se foi sem deixar rastros.

O garoto ficou devastado. Não sabia o que havia acontecido com seu amigo, e tudo o que ele queria era seu cãozinho de volta. Mas ele nunca perdeu a esperança, sempre confiou que um dia ele acabaria voltando.

Oito meses se passaram, e o amor de Rocco por seu cão fez com que ele esperasse todo esse tempo. “Não consigo nem explicar o quanto Rocco chorou e sentiu falta do cão durante todos esses meses”, disse a mãe do garoto, que o ajudou a distribuir cartazes por toda a vizinhança solicitando informações sobre o paradeiro de Jack. A mãe conta também que o garoto tinha sonhos frequentes com o cão.

E certo dia, o sonho acabou virando realidade. De forma inesperada, um amigo da família encontrou Jack vagando próximo a um posto de gasolina, e não hesitou em ligar para a família.

Youtube

O pais de Rocco prepararam com cuidado o retorno de Jack. Trouxeram o cão ao pátio e chamaram o filho. A reação do garoto ao reencontro é simplesmente emocionante. Tudo que Rocco conseguiu fazer foi correr de encontro ao seu amigo, abraçá-lo e começar a chorar.

De acordo com a mãe, Rocco e Jack estão aproveitando juntos cada momento, e ela garante que agora estão “mais juntos do que nunca”, recuperando todos os momentos que perderam durante esses oito meses de separação.

Ambos são a prova de que a verdadeira amizade não se acaba, e jamais perde a esperança.

via Upsocl.

Comentários
Carregando...