Achada placa que revela desculpas bizarras para faltar no trabalho usadas pelos trabalhadores que construíram as pirâmides

por Lucas Rabello
1 comentário 712 visualizações

Acontece que não somos os únicos que foram criativos com as desculpas para faltar ao trabalho. Há mais de 3.200 anos, trabalhadores egípcios inventavam desculpas épicas para sair do trabalho. A evidência? Uma tábua egípcia antiga, chamada ostracon, agora no Museu Britânico. Este artefato de calcário data de 1250 a.C. e lista todos os tipos de razões pelas quais os trabalhadores faltavam aos seus turnos.

Primeiro, vamos falar sobre as desculpas clássicas. No “mês quatro do inverno, dia 24”, um cara chamado Pennub avisou que não poderia ir porque sua mãe estava doente. Justo, não é? Outros trabalhadores também listaram doenças, o que parece bastante legítimo. Mas então, as coisas começam a ficar interessantes. Entra Seba, que alegou ter sido picado por um escorpião. “Não posso ir hoje, chefe. Fui picado por uma criatura mortal.”

Depois, havia os trabalhadores que tiravam folga para coletar pedras ou ajudar o escriba. Mas o verdadeiro destaque? A desculpa mais popular entre esses antigos trabalhadores era “fazer cerveja”. Isso mesmo, você leu certo. Vários deles faltavam ao trabalho para fazer cerveja. Antes de revirar os olhos, lembre-se de que a cerveja era algo muito importante no antigo Egito. O Museu Britânico explica: “A cerveja era tão essencial que era tratada como um tipo de alimento – consumida diariamente e em grandes quantidades em festivais e celebrações.”

De fato, os trabalhadores que construíam as pirâmides de Gizé recebiam uma ração diária de mais de 10 pints de cerveja. Então, quando esses trabalhadores diziam que estavam fazendo cerveja, não era apenas uma desculpa esfarrapada – era parte de sua vida diária e cultura. Além disso, vários deuses e deusas eram associados à cerveja, conferindo-lhe um status divino.

Descoberta placa antiga que revela desculpas bizarras para dias de doença usadas pelos trabalhadores que construíram as pirâmides

Outras razões na tábua incluem ficar em casa para ajudar a esposa ou filha que estava menstruada. “Desculpe, não posso ir. Tenho que ajudar as mulheres em casa.” Na antiguidade, isso era visto como uma razão válida, destacando um pouco de igualdade de gênero nas tarefas diárias.

E não vamos esquecer a clássica “embalsamar parentes.” Equivalente ao nosso tempo de folga para um funeral, essa desculpa era sobre preparar os mortos para a vida após a morte. “Não posso trabalhar hoje, tenho que mumificar o tio Thutmose.”

Então, da próxima vez que você pensar em inventar uma desculpa para faltar ao trabalho, lembre-se desses antigos egípcios que definitivamente sabiam como priorizar suas vidas pessoais. “Chefe, preciso de um dia de folga. Tenho que fazer cerveja e afastar escorpiões.”

Inscreva-se no canal Mistérios do Mundo no YouTube

1 comentário

Valéria Marques 24 de maio de 2024 - 13:04

😂👍🏽

Responder

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados