Costa Rica utilizou apenas energia renovável até o momento em 2015

Por mais impossível que isso venha a parecer, já existe um país utilizando apenas energia renovável em seu consumo de eletricidade. Trata-se da Costa Rica, que até o momento em 2015 não precisou queimar combustíveis fósseis para suprir sua demanda elétrica – o que nunca foi feito por nenhum outro país. Obviamente, o país continua consumindo energia não-renovável, por exemplo, em seus veículos. No entanto, o feito da Costa Rica é memorável.

“No ano de 2015, até o momento, a Costa Rica utilizou apenas energia amigável ao meio-ambiente”, disse o Instituto de Eletricidade da Costa Rica em um comunicado na última semana.

De acordo com a imprensa internacional, o feito foi alcançado principalmente pelas fortes tempestades que atingiram o país neste ano, mantendo as usinas hidroelétricas ocupadas praticamente o tempo todo. Segundo uma publicação da revista Quartz, o país da América Central já produziu praticamente toda a demanda de energia elétrica para o ano de 2015, utilizando-se também de energia eólica, solar, de biomassa e geotérmica.

A Costa Rica tem como meta neutralizar a utilização de carbono até 2021, o que cada vez mais se aproxima de uma realidade, já que 94% das demandas energéticas do país já são provenientes de fontes renováveis. Destas, 68% são de usinas hidrelétricas, enquanto uma usina de energia geotérmica contribui com 15%. Por conta de sua dedicação e cuidado com o meio-ambiente a Costa Rica tem frequentemente sido classificada entre os cinco países mais “verdes” do mundo, diz o The Telegraph.

Entretanto, antes de culparmos o Brasil por estar muito longe dessa realidade, devemos levar em consideração que a Costa Rica é um país tropical rodeado por vulcões ativos que permitem a existência de projetos geotérmicos, como um aprovado no ano passado, avaliado em 958 milhões de dólares. A Costa Rica também tem altíssima pluviosidade e tem uma paisagem montanhosa, o que igualmente contribui para a geração de energia renovável. No entanto, o país tem muitos méritos próprios também. Desde 1948, a Costa Rica abriu mão de seu exército, substituindo bases militares por escolas e permitindo um investimento muito maior em outras áreas – como a geração de energia renovável, por exemplo.

Mas como nem tudo são rosas, há de se ressaltar que um país que aposta na utilização de usinas hidrelétricas pode sofrer muito com um período de seca. Além disso, esta prática costuma afetar de forma negativa as populações de peixes. [IFLScience]

Comentários
Carregando...