Conheça o vídeo que a CNN produziu para transmitir durante o apocalipse nos anos 80

Em meados dos anos 1980, as pessoas ainda temiam que o mundo pudesse acabar de uma hora para outra dado o clima de tensão provocado pela Guerra Fria. Ninguém sabia exatamente quais eram os planos da Rússia e dos EUA, e por isso a instabilidade pairava no ar.

Com isso em mente, a CNN, um dos canais de televisão mais importantes dos Estados Unidos na época, precisou pensar sobre o que fazer no caso de um apocalipse nuclear. “Na maioria das vezes, quando uma emissora está começando ou encerrando suas transmissões do dia, ela toca o hino nacional. Mas como a CNN é um canal 24 horas, nós sairíamos do ar uma única vez, e eu sabia o que isso iria significar”, disse Ted Turner, fundador da CNN, em entrevista à “New Yorker”, dos EUA.

Shutterstock

Prevendo que talvez o mundo pudesse enfrentar uma guerra nuclear que culminasse na exterminação de toda ou parte da humanidade, a CNN produziu um vídeo em parceria com as bandas do Exército, Aeronáutica e Marinha dos EUA, para ser passado na TV na ocasião de algo terrível começar a acontecer.

“Nós reunimos as bandas marciais, as levamos para a sede da nossa emissora e pedimos para que tocassem o hino nacional. Depois, eu perguntei se elas poderiam tocar ‘Nearer My God, to Thee’, apenas para ter em videotape, caso o mundo acabasse. Seria a última coisa que a CNN transmitiria antes de sair do ar”, disse Turner durante a entrevista, realizada em 1988.

A gravação, que você pode ver abaixo, apenas se tornou pública em 2015, quando um ex-funcionário conseguiu pegar uma cópia do vídeo e o publicou na Internet.

Obviamente, o mundo nunca acabou, então a CNN jamais veiculou esta gravação, e provavelmente nunca transmitirá, já que desde 1996 a CNN foi vendida para o grupo Time Warner.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.