Conheça as perguntas que são feitas para ser aprovado em Oxford

Uma das mais prestigiadas universidades do mundo e desejada por muitos estudantes e pesquisadores, a Universidade de Oxford não tem uma metodologia tão usual assim para admissão de novos alunos.

Uma amostra muito interessante de perguntas para que uma vaga na instituição seja concorrida, consiste em questões insólitas como “por que os seres humanos têm dois olhos?” ou mesmo “por que os animais tem listras?” , entre outras do mesmo nível. Essas questões estão na banca de provas de ministradas pelos professores durante as entrevistas dos processos seletivos, tendo um objetivo muito primordial.

Mistérios do Mundo

De acordo com o diretor de admissões de Oxford, são exatamente essas questões que mostram se o indivíduo é capaz de racionar rapidamente e pensar por conta própria, usando sua criatividade. Isso porque os estudantes geralmente procuram recorrer aos livros para consultarem respostas, baseando sua vida acadêmica em estudos já realizados – o que não é a ideia da instituição. A Universidade alega não ter “respostas corretas” para as questões que são feitas.

O entrevistador Chris Norbury, do Queen’s College, disse à BBC: “É tipicamente uma questão aberta, sem uma resposta ‘correta’, que no entanto busca estimular uma discussão que pode haver no curso. Essas discussões trazem várias direções, conforme o interesse do aluno. Afinal, ‘como e de onde vêm os dados? Eles são confiáveis?’. Isso avalia critérios como: a capacidade de resolver problemas, o pensamento crítico, a curiosidade intelectual, as habilidades para se comunicar, a capacidade de ouvir e a compatibilidade com o método de ensino, já que Oxford procura formar profissionais de peso em diversas áreas.”

 

Já no curso de Matemática os alunos são desafiados a recolherem informações que geralmente não são muito importantes, tendo de aplicar matemática nessas situações.

A entrevistadora Rebecca Cotton-Barratt, do Christ Church, revelou: “A questão testa se a pessoa é capaz de fazer o que matemáticos fazem:  abstrair informações que às vezes não são importantes e usar a matemática para representar o que está ocorrendo.”

Inicialmente o candidato elabora sua hipótese, seguida por um modelo matemático que será submetido a testes.

Em resumo, as questões avaliam muito mais sua criatividade e predisposição a lidar com problemas do que a bagagem de conhecimento adquirida ao decorrer do tempo, algo totalmente diferente de nossos tradicionais vestibulares.

[BBC]

Comentários
Carregando...