Como o “padrão de beleza” feminino mudou ao longo do tempo

Ao longo do tempo, o padrão de beleza para o corpo feminino mudou dramaticamente. Essa lista, do LifeBuzz, mostra como funcionou essa evolução, e que características eram consideradas ideais em cada período.

Durante os anos de 1600 e 1700, a abundância era muito considerada.

Mistérios do Mundo
Rubens, Venus at a Mirror, c. 1615

Há 300-400 anos, quanto maior fosse a mulher, mais beleza e riqueza ela transmitia para os outros. Por isso, era aceitável socialmente que a mulher fosse robusta.

Durante os anos de 1800 e 1900, a cintura fina estava na moda.

Mistérios do Mundo
Alice Regnault, Paris, ca.1880

Durante a Era Vitoriana, na Europa, as mulheres faziam de tudo para fazer sua cintura parecer o mais fina possível. Alguns dos procedimentos utilizados pelas mulheres da época inclusive causavam problemas na coluna e deformações.

A Gibson Girl – começo dos anos 1900.

Mistérios do Mundo
wikimedia

A ‘Gibson Girl’ era atlética, com bustos grandes, quadril largo e cintura fina. As mulheres ainda se preocupavam com a cintura, mas não de maneira tão extrema.

O look feminino e juvenil era a moda durante os anos 1920.

Mistérios do Mundo
wikipedia

Talvez em uma espécie de rebeldia ao padrão anterior, as mulheres começaram a usar mais vestidos compridos, escondendo a cintura e quadril.

Os cabelos também passaram por uma transformação.

Mistérios do Mundo
Getty

Em vez dos longos cabelos, no começo dos anos 1900 as mulheres preferiam cabelos mais curtos.

As mudanças de 1930

Mistérios do Mundo
Getty

De acordo com uma revista LIFE, de 1938, o padrão da época consistia em seios altos e arredondados; uma cintura levemente fina e quadril também arredondado.

Em 1931, a revista Photoplay afirmou que a atriz mexicana Dolores Del Río possuía o melhor corpo de Hollywood.

Mistérios do Mundo

Em 1940, Marilyn Monroe representava o que haviam de mais belo entre as mulheres. A atriz era considerada um padrão de beleza.

Mistérios do Mundo
wikimedia

Mistérios do Mundo

Em 1960, o padrão considerado era novamente um look mais juvenil, magro e escultural. Além disso, eram considerados belos os olhos grandes e escuros.

Mistérios do Mundo

Os anos de 1970 e a ascensão do bronzeamento.

Mistérios do Mundo

Os cabelos loiros e compridos, junto com um bronzeado “natural” eram a essência da beleza da Califórnia. Farrah Fawcett era considerada uma das mais belas mulheres desta época.

Ainda em 1970, o Movimento Feminista começou a crescer.

Mistérios do Mundo
Cosmo

O movimento de libertação das mulheres em 1970 fez com que as mulheres parassem de optar por carreira ou família, e percebessem que ambos deveriam coexistir. Apesar do look mais “natural”, as mulheres ainda se preocupavam muito com o peso e as medidas do corpo.

A morte de Karen Carpenter em 1983 ilustrou os problemas causados pela obsessão com o peso.

Mistérios do Mundo
People

A anorexia foi identificada ainda em 1870, mas não foi antes de 1970 e 1980 que os médicos começaram a levar a doença a sério. É estimado que pelo menos 30 milhões de pessoas sofram com a doença hoje em dia nos EUA. Carpenter, que morreu aos 32 anos em decorrência da anorexia, se tornou um ícone do problema.

Em 1980, o corpo malhado e atlético começou a mudar a visão da sociedade sobre feminilidade e força.

Mistérios do Mundo

Florence Griffith Joyner foi um dos exemplos dessa mudança.

Quando a aclamada atriz Jane Fonda gravou um vídeo de exercícios, em 1982, uma nova indústria explodiu.

Mistérios do Mundo
Getty

Agora, as mulheres podiam malhar em casa para tentar ficar com o corpo semelhante ao das atrizes da época. Estima-se que o primeiro vídeo de Fonda vendeu mais de 17 milhões de cópias.

Em alguns anos, a indústria dos vídeos de exercícios cresceu muito rapidamente.

Mistérios do Mundo
Weird Science

O estilo ‘Heroin Chic’.

Mistérios do Mundo
Calvin Klein

A modelo britânica Kate Moss foi a responsável pela moda em que as mulheres não apenas aparentavam ser magras, mas possuíam ossos protuberantes e uma aparência pouco saudável.

O Brasil exportou a maioria das supermodelos dos anos 2000, como Giselle Bundchen, Adriana Lima e Alesandra Ambrosio.

Mistérios do Mundo
Rolling Stone

Jennifer Lopez, Kim Kardashian, Nicki Minaj, Amber Rose, e Iggy Azalea são celebridades que fizeram com que as curvas chamativas novamente estivessem em alta.

Mistérios do Mundo
Anthony Harvey/Getty Images (Kim Kardashian); Matt Sayles/Invision, via Associated Press (Jennifer Lopez)

Mas, por fim, se a história nos diz algo é que todo tipo de corpo é bonito. Todas as mulheres podem sentir orgulho de seus corpos, e cada vez mais fica visível que não existe um padrão de beleza.

Mistérios do Mundo

Fonte: LifeBuzz

Comentários
Carregando...