Notícias e artigos sobre ciência, incluindo espaço, biologia, arqueologia, e muito mais.

Cientistas criam braço robótico capaz de acompanhar bateristas

Braço robótico auxilia músicos durante o exercício da função. / Foto: Georgia Tech

O Instituto de Tecnologia da Geórgia (Georgia Tech), em Atlanta-EUA, desenvolveu um braço robótico capaz de auxiliar bateristas fornecendo um membro a mais na hora de tocar o instrumento. Agora, em vez de permanecer atado às possibilidades que seus dois braços lhe proporcionam na hora de fazer a percussão, os músicos podem contar com o auxílio de um membro extra, que acompanha o ritmo e velocidade que o baterista impõe – mas com mais uma área da bateria sendo tocada ao mesmo tempo.

Tyler White (e) tocando bateria utilizando a nova invenção e Gil Weinberg (d)
Tyler White (e) tocando bateria utilizando a nova invenção e Gil Weinberg, principal autor do estudo (d)

De acordo com a equipe que desenvolveu o projeto, liderada por Gil Weinberg, o usuário não controla o braço robótico, mas este improvisa batidas de acordo com a música que está sendo tocada no ambiente. “Ter um aparato robótico que é parte do seu corpo é completamente diferente da sensação de trabalhar ao lado de um robô normal. A máquina aprende como seu corpo se move e pode aprimorar e complementar sua atividade. Ela se torna parte de você”, disse Weinberg em um release no portal da Georgia Tech.

Além da utilidade do braço biônico para os bateristas, Weinberg já imagina que a invenção possa ser revolucionária também para outros setores, como a medicina por exemplo. “Imagine se médicos pudessem utilizar um terceiro braço para alcançar ferramentas, utensílios ou até mesmo participar de cirurgias. Técnicos também poderiam utilizar uma mão extra para ajudar com reparos e experimentos”, disse.

Informações de Georgia Tech

Comentários
Carregando...