Cientistas analisam objeto interestelar Oumuamua, e concluem que ele não é alienígena

O objeto interestelar ‘Oumuamua – aquele estranho pedaço de rocha, em forma de charuto, de algum lugar distante do Sistema Solar – não é, de acordo com novas pesquisas, uma espaçonave alienígena.

É impossível dizer ao certo o que é sem examinar de perto a coisa, e ela está além do nosso alcance agora. Mas, depois de analisar cuidadosamente todas as observações sobre o objeto, a equipe internacional de cientistas concluiu que tudo o que sabemos sobre o Oumuamua é que ele tem uma origem natural.

No ano passado, um artigo da astrofísica de Harvard Avi Loeb sugeriu brevemente a possibilidade de que a rocha fosse uma sonda alienígena.

“Nunca vimos nada como Oumuamua em nosso sistema solar. É realmente um mistério”, disse o astrônomo Matthew Knight, da Universidade de Maryland.

“Mas nossa preferência é ficar com os análogos que conhecemos, a menos que ou até encontrarmos algo único. A hipótese da espaçonave alienígena é uma ideia divertida, mas nossa análise sugere que há toda uma série de fenômenos naturais que poderiam explicá-lo.”

‘Oumuamua, que foi avistado em outubro de 2017, um mês depois de ter feito a sua maior aproximação ao Sol e estava viajando de volta para fora do Sistema Solar, é na verdade muito estranho.

A única coisa que realmente tem em comum com outros objetos no Sistema Solar é sua coloração avermelhada, indicativa de uma composição densa e rica em metal, cozida pela radiação cósmica.

Tudo mais sobre ele é estranho. É comprido e fino como um charuto, medindo até 400 metros  de comprimento. Nenhum outro cometa ou asteróide tem essa forma.

Oumuamua também gira. E, embora o objeto pareça não conter gelo e não emitir gases, como faria um cometa, sua trajetória não poderia ser explicada apenas pela gravidade, como um asteróide. O que sugere que é de alguma forma um cometa e um asteróide.

Mas apesar de toda essa estranheza, não há sustentação para a ideia de que ‘Oumuamua é uma espaçonave, segundo os pesquisadores. [Nature Astronomy]

você pode gostar também
1 comentário
  1. Valdeci Elias Diz

    É um planeta plano. Os Planistas podem ter realmente razão.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.