Cidade chinesa construiu ponte ao redor de pequena casa depois que proprietária se recusou a se mudar

por Lucas Rabello
0 comentário 183 visualizações

Na movimentada cidade de Guangzhou, uma pequena casa encontra-se encurralada entre as imensas alas da Ponte Haizhuyong, um espetáculo que vem atraindo muitos olhares desde a grande inauguração da ponte em 2020.

Imagine isso: um único prédio de um andar desafiadoramente mantendo sua posição em meio ao tráfego rugindo de quatro faixas. A proprietária, conhecida simplesmente como Liang, se apega ao seu santuário de 40 metros quadrados, recusando-se a deixar o local apesar dos planos do governo para a demolição que vem desde 2010.

A recusa de Liang em se mudar não é sem motivo. Ela afirma que as ofertas de realocação do governo simplesmente não atingiram o alvo, faltando no quesito ‘localização ideal’. Mas não é apenas sobre a localização para Liang. Ela adotou uma postura que deixou todos falando. “Você acha que este ambiente é pobre, mas eu acho que é tranquilo, libertador, agradável e confortável”, Liang compartilhou com o Daily Mail, insinuando um senso de paz que ela encontra no meio do caos.

O governo, por sua vez, parece ter tentado tudo que estava ao alcance. De múltiplas ofertas de apartamentos a planos de compensação em dinheiro, eles colocaram tudo na mesa, na esperança de que Liang cedesse.

Ainda assim, aqui estamos, uma década depois, e a ponte envolve a casa, mas a resolução de Liang está mais firme do que nunca. Os oficiais ainda estão esperançosos, mantendo as linhas de comunicação abertas e tranquilizando o público de que todas as verificações de segurança foram concluídas antes da construção da ponte.

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados