Pular para o conteúdo
Chefe usa teste de café em todas as entrevistas e não emprega quem é reprovado

Chefe usa teste de café em todas as entrevistas e não emprega quem é reprovado

Em entrevista ao podcast de negócios The Ventures, Trent Innes, diretor administrativo da Xero Australia, revelou uma técnica simples, mas eficaz, que ele usa para determinar se um candidato a emprego é adequado para sua empresa.

Innes explicou que, durante todas as entrevistas de emprego, ele leva o candidato para passear até a cozinha do escritório, onde normalmente acabam saindo com uma xícara de café. Após a entrevista, Innes verifica se o candidato leva a xícara de café vazia de volta para a cozinha.

Innes acredita que essa pequena ação diz muito sobre a atitude de uma pessoa e se ela se encaixa na cultura da empresa. Segundo Innes, a cozinha do escritório está sempre limpa e arrumada por causa dessa mentalidade de “leve sua xícara de café”.

Essa técnica pode ser particularmente relevante no mercado de trabalho atual, já que as empresas enfatizam cada vez mais o ajuste cultural, além das habilidades e da experiência. Embora seja importante que os candidatos demonstrem seu conhecimento e experiência, é igualmente importante que eles mostrem que se encaixam bem nos valores e no ambiente de trabalho da empresa.

Em outras notícias relacionadas ao café, um estudo recente realizado no Reino Unido sugere que beber até 25 xícaras de café por dia não é prejudicial à saúde do coração. Pesquisas anteriores sugeriram que altos níveis de consumo de café poderiam aumentar o risco de ataque cardíaco ou derrame devido ao enrijecimento das artérias.

No entanto, o novo estudo com 8.412 pessoas não encontrou diferença na saúde do coração entre aqueles que bebiam menos de uma xícara de café por dia e aqueles que consumiam até 25 xícaras. Esta notícia pode ser bem-vinda para os amantes do café que estão preocupados com os potenciais impactos negativos de sua dose diária de cafeína.