Cansada de ser cantada por homens na rua, ela decidiu tirar uma selfie com eles e revelar uma triste realidade

Nada é mais constrangedor para uma mulher do que ser cantada na rua por estranhos. Noa Jansma, uma estudante de 20 anos de idade que vive em Amsterdam, assim como todos nós, estava de saco cheio e resolveu fazer algo sobre esse assunto. Ao longo do mês de Setembro, ela tirou uma selfie com todos que a assediaram e subiu essas fotos no Instagram, colocando em cada uma as frases de seus abusadores.

E o que essas fotos nos dizem? Ao justapor os sorrisos insensíveis e sem vergonha desses caras com sua própria expressão exausta e dolorosamente familiar, Jansma mostra ao mundo quão freqüentes, reais e perturbadoras são essas experiências para mulheres em todos os lugares. Ela também ganha poder sobre eles, ao documentar suas ações e os exibindo para o mundo inteiro para ver. Embora seu próprio experimento tenha terminado, ela abriu uma conta no Instagram – @dearcatcallers com a esperança de criar um diálogo global sobre essa luta coletiva que é enfrentada pelas mulheres.

A partir de 1º de janeiro de 2018, abusar de uma mulher com cantadas será punido por lei na Holanda, e os infratores estarão sujeitos a multas de até R$ 700. Se seu projeto ousado continuar a viralizar, talvez mais nações sigam esse exemplo.

Mais em: Instagram

Cansada de ser cantada por homens na rua, ela decidiu tirar uma selfie com eles e revelar uma triste realidade

Comentários
Carregando...