Buraco no campo magnético da Terra se abre por 6 horas, provocando raras auroras

Uma tempestade solar particularmente forte abriu um buraco no campo magnético da Terra esta semana, provocando algumas auroras rosa épicas – e raras. Não, o planeta não foi atacado por unicórnios intergalácticos andando em uma trilha de poeira estelar rosa, mas são necessárias algumas circunstâncias incomuns para criar esse show de luzes colorido específico.

As cenas vívidas foram capturadas por Markus Varik, um guia da operadora de turismo da aurora boreal Greenlander, nos céus acima de Tromsø, na Noruega, em 3 de novembro, que as compartilhou em sua página do Facebook.

Auroras ocorrem quando ventos solares poderosos – partículas carregadas altamente energéticas – são lançadas do Sol e batem na Terra, abrindo buracos no campo magnético, ou magnetosfera. Essas partículas carregadas vazam pelo buraco, criando uma tempestade geomagnética que se apresenta a nós como belas auroras.

As auroras boreais geralmente aparecem em verde (às vezes com um toque de vermelho ou roxo) porque a maioria dos ventos solares atinge altitudes de 100 a 240 quilômetros, onde há uma maior concentração de oxigênio. As partículas de oxigênio “excitadas” dão a elas seu brilho verde característico.

É o nitrogênio na atmosfera que pode fazê-los parecer rosa, e as partículas de nitrogênio ocorrem em altitudes mais baixas de cerca de 100 quilômetros, onde a maioria dos ventos solares não chega, por isso é necessária uma atividade solar particularmente alta para arremessar partículas carregadas com tanta força para chegaram tão baixo. Uma tempestade como a que ocorreu em 3 de novembro.

Uma tempestade geomagnética da classe G1 atingiu a Terra na semana passada, abrindo um buraco no campo magnético que permaneceu aberto por 6 horas. O Centro de Previsão do Clima Espacial da NOAA emitiu alertas sobre a potencial tempestade G1, que embora considerada “menor” em sua escala de 1 a 5, ainda alerta sobre flutuações na rede elétrica, impactos menores de satélites, animais migratórios sendo afetados e, é claro, auroras épicas.

Não se preocupe, rachaduras no campo magnético da Terra são normais. O campo magnético atua como um escudo para nos proteger das tempestades solares cuspidas pelo Sol. Pensava-se que eles abriram e fecharam relativamente rápido, mas agora sabemos que podem ficar abertos por até 14 horas, e ainda estamos todos aqui.

O Sol está se preparando para seu período mais ativo no ciclo solar (julho de 2025) e já está incomumente ativo bem cedo.

buy metformin metformin online