Pular para o conteúdo
Banco Central muda regras para transações pelo Pix a partir de 2023

Banco Central muda regras para transações pelo Pix a partir de 2023

Hoje, quinta-feira (1), o Banco Central alterou as regras sobre limites de valor para transações feitas por meio do Pix. O objetivo da medida é simplificar as regras e melhorar a experiência do cliente, mantendo o nível de segurança.

As alterações entram em vigor em 02 de janeiro. Quanto às alterações feitas pelos canais digitais, a medida entrará em vigor no dia 3 de julho do próximo ano.

Com a alteração, os bancos não são mais obrigados a estabelecer um limite de valor para uma operação, mas devem fixar um valor máximo por período. Se o cliente tiver um limite diário de, por exemplo, R$ 4 mil, pode usar todo o valor para a transação.

Mistérios do Mundo

As regras para alteração do limite permanecem as mesmas: se quiser abaixá-lo, o banco deve liberá-lo na hora. No entanto, a permissão para aumentar o limite é necessária dentro de 24 a 48 horas. Cada banco define limites de transação para contas comerciais.

Os bancos também devem oferecer ajustes noturnos aos clientes. Normalmente, o período é entre 20:00 e 06:00, mas o cliente pode solicitar a alteração do horário entre 22:00 e 06:00.

O Banco Central também aumentou o limite de saque com o Pix Saque e Pix Troco. Durante o dia, o limite passou de R$ 500 para R$ 3.000. À noite, sobe de R$ 100 para R$ 1 mil.