Aurora boreal, um fenômeno que parece ter saído de um conto de fadas

Se há uma maneira infalível de colocar a vida em perspectiva, é olhar para uma aurora boreal.

aurora boreal
Foto via Good Free Photos

Este espetacular fenômeno é verdadeiramente uma das maiores maravilhas da natureza, criando luzes etéreas numa gama de cores que dançam e rodopiam pelo céu noturno. Essas aparições só recentemente foram compreendidas pela ciência moderna, embora tenham sido de fascínio inerente àqueles que as viram desde os tempos antigos. Mitos e contos incríveis inspirados por elas estão entrelaçados no tecido cultural de muitas sociedades, incluindo as islandesas e norueguesas, dois dos melhores lugares do mundo para ver as auroras.

Auroras boreais
Shutterstock

Como tal, testemunhar a aurora boreal está no topo da lista de muitos viajantes que vão para os países mais setentrionais. Inspirados por incríveis fotografias e filmagens, e encorajados por blogueiros de viagens que consideram a aurora boreal como um objetivo de vida, milhares de pessoas viajam milhares de quilômetros para a chance de desfrutar de um dos fenômenos mais impressionantes da natureza.

O que é uma aurora boreal?

auroras boreais
Imagem de Pete Linforth por Pixabay

As brilhantes luzes dançantes da aurora são na verdade colisões entre partículas eletricamente carregadas do sol que entram na atmosfera da Terra. As luzes são vistas acima dos pólos magnéticos dos hemisférios norte e sul. São chamadas de ‘Aurora borealis’ no norte e ‘Aurora australis’ no sul.

aurora boreal
Imagem de You’re welcome! Thanks for your votes and comments! 🙂 por Pixabay

As auroras boreais podem vir em várias cores, embora o verde pálido e o rosa sejam as mais comuns. Tons de vermelho, amarelo, verde, azul e violeta são vistos mais raramente. As luzes aparecem em muitas formas, desde manchas ou nuvens de luz dispersas a flâmulas, arcos ou cortinas ondulantes que iluminam o céu com um brilho misterioso.

aurora boreal
Imagem de Noel Bauza por Pixabay

Variações na cor acontecem de acordo com os tipos de partículas de gás que estão colidindo. A cor auroral mais comum, um verde claro, é produzida por moléculas de oxigênio localizadas a cerca de 100 quilômetros acima da Terra. Auroras raras e totalmente vermelhas são produzidas pelo oxigênio em altitudes elevadas, em altitudes de até 320 quilômetros. O nitrogênio produz uma aurora azul ou vermelho-arroxeada.

aurora boreal
Imagem de Per Erik Snögren por Pixabay

A aurora boreal, também chamadas de luzes do norte, ocorre durante todo o ano; no entanto, a luz do sol é excessiva demais para serem vistas durante o dia. Considerando que os países próximos do Ártico, onde as auroras podem ser vistas com mais facilidade, possuem o chamado sol da meia-noite em grande parte do ano, a melhor época para ver as auroras é entre setembro e abril.

você pode gostar também
2 Comentários
  1. Diga Leonor Monteiro Diz

    Nosso planeta é maravilhoso! Infelizmente os humanos estão preocupados em destruí-lo por dinheiro. Amoooo esse nosso pequeno mundo!

  2. Fernanda Diz

    Que Maravilha um pouco misteriosa mais linda bênção de Deus

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.