As 5 maiores explosões de todos os tempos

Desde o início de tudo, as explosões são parte da realidade e é por existirem que estamos atualmente aqui, não é mesmo? Ao mesmo tempo que são intrigantes e muitas vezes belas de se contemplar, as explosões podem nos encantar pelo fenômeno em si, porém não podemos esquecer que elas são terrivelmente destrutivas de fato.

Prepare-se para contemplar esta pequena lista com 5 das maiores explosões de todos os tempos: as mais grandiosas obras de criação cósmica e também de destruição desenvolvidas pelo ser humano.

5 – O pai de todas as bombas: FOAB

No ano de 2003, a MOAB (Massive Ordinace Air Blast Bomb) foi desenvolvida pelos Estados Unidos e logo chamada de “A Mãe de Todas as Bombas”, possuindo a capacidade de criar explosões gigantescas. Em resposta, a FOAB (Pai de Todas as bombas) foi desenvolvida pela Rússia.

Quatro vezes mais destrutiva que a MOAB, a FOAB causava explosões correspondentes a 44 toneladas de TNT. Conforme pesquisadores das forças militares norte-americanas, as imagens apresentadas pela Rússia foram aprimoradas para criar mais impacto. Por ser a maior explosão gerada por uma arma não nuclear.

4 – A bomba Tsar

Esta é a bomba que poderia causar o fim de toda a humanidade e é assim que a bomba de Hidrogênio poderia ser retratada, já que é uma das mais temíveis armas criadas pelo homem.

No ano de 1961, a URSS resolveu avaliar quais seriam as causas do armamento em explosões reais e a ilha do oceano Ártico foi o ambiente escolhido para a explosão.

Inicialmente, a bomba possuiria o poder de explosão para 100 megatons (100 milhões de toneladas de dinamite), porém para diminuir o impacto destrutivo nos testes, alteraram a bomba para somente 57 megatons. Com a maior explosão já feita pelo ser humano, ela teve um raio de 3,5km de explosão, aniquilando tudo em um raio de 35 km.

3 – O Big Bang

O Big Bang na verdade pode não ser considerado uma explosão, já que ao invés da matéria se locomover sobre o espaço de um ponto com pressões maiores para ambientes de pressão menor, o Big Bang expandiu-se sobre si próprio em uma velocidade muito rápida.

Mesmo não mostrando definitivamente o modo como tudo começou a existir, o Big Bang é a justificativa mais propensa para a expansão do universo. E se levarmos em conta que o universo ainda está em processo de expansão, podemos afirmar que o Big Bang ainda está agindo e é por isso que ele também está nessa lista.

2 – O asteroide que causou a extinção os dinossauros

Popular por aniquilar a vida dessas históricas criaturas no mundo todo, o asteroide que colidiu com a Terra em torno de 65 milhões de anos atrás não causou somente a destruição através do impacto, porém também todos os resultados causados por ele (como elevação da poeira, bloqueamento do sol e resfriamento mundial, aniquilando qualquer chance de sobrevivência).

Mistérios do Mundo

É observado pelos cientistas que a força de impacto do asteroide que acabou com grande parte das formas de vida do período cretáceo tinha a potência próxima de 1,7 milhões de bombas Tsar, equivalente a 96 bilhões de toneladas de TNT. Assustador, não é mesmo?

1 – O triste ataque nuclear ao Japão na Segunda Guerra Mundial

Durante a Segunda Guerra, as bombas dos Estados Unidos não foram as mais grandiosas no quesito impacto explosivo, porém sim em uma questão: a crueldade humana. Em soma, foram em torno de 140 mil mortos em Hiroshima e 80 mil em Nagasaki, sendo grande parte deles civis.

Quanto às questões explosivas, ambas as bombas demonstraram bem menos força do que a Tsar. A Little Boy, lançada em Hiroshima, tinha em torno de 15 quilotons e a Fat Man de Nagasaki, 25 quilotons. O maior problema dessas bombas eram os materiais radiativos da carga, urânio e plutônio, que resultaram em ainda mais mortes.

Este ataque nuclear foi o único e o mais cruel feito até hoje no mundo inteiro.

[Tecmundo]

Comentários
Carregando...