As 5 descobertas mais perturbadoras feitas por mergulhadores em águas profundas

1- Blobfish

Há uma boa razão para o fato dele ter sido eleito como um dos animais mais feios do mundo. Agora, nunca devemos julgar nada com base em sua aparência, mas vamos ser honestos, esse peixinho é uma massa perturbadora de gel vivo que está fora da água.

Embora os eventos exatos que levaram à sua descoberta sejam desconhecidos, certas fontes ainda afirmam que os mergulhadores encontraram essa criatura de águas profundas em 1978, ao largo das costas australianas. Não representa uma ameaça real para os seres humanos, uma vez que não tem nenhum musculo e não pode sobreviver fora da água, mas é a aparência dele é feia e perturbadora.

2- O Mistério do Lago Michigan


No ano de 2007, Mark Holley, professor de arqueologia subaquática no Northwestern Michigan University College encontrou um misterioso local a 40 pés abaixo da superfície do Lago Michigan enquanto procurava naufrágios antigos. Ele contém uma linha de pedras que são estranhamente semelhantes ao famoso Stonehenge. “Todo o lugar é assustador, de certa forma. Quando você está nadando através de uma longa linha de pedras e o resto do lago não tem estas características, é simplesmente assustador “, disse Holley.

Os mergulhadores conseguiram fotografar algumas dessas pedras e encontraram o que se acredita ser uma escultura pré-histórica de um mastodonte, um animal que foi extinto há quase 10 mil anos. Como essas pedras com petróglifos sobre eles acabaram no fundo do Lago Michigan ainda permanecem um mistério até hoje.

3- Tubarão-cobra

O tubarão-cobra é uma criatura que se esconde nas partes mais profundas do oceano. Também é considerado um fóssil vivo, pois possui várias características primitivas e é encontrado em profundidades de cerca de 50 a 200 metros. Uma das características aterrorizantes deste tubarão são suas enormes fileiras de dentes que podem totalizar quase 300 dentes individuais em 25 linhas.

Especula-se que esses tubarões capturam suas presas dobrando seus corpos e depois pulando para a frente de uma forma semelhante às cobras. Suas mandíbulas longas e flexíveis permitem que elas engulam presas inteiras e as fileiras de dentes tornam difícil delas fugirem. Os tubarões-cobra podem crescer até 2 metros e são um pesadelo dos mergulhadores.

4-  Estátuas Assustadoras 

Muitas vezes a arte é usada para expressar sentimentos e emoções de forma criativa. Isso nos ajuda a olhar as coisas da perspectiva dos artistas e compreender o mundo, mas tudo isso muda uma vez que você solta essas peças de arte no oceano. Eles se transformam em algo totalmente diferente, suscitando sentimentos de horror e medo enquanto você está cercado de água.

Muitas dessas estátuas estão presentes no Golfo do México, cada uma representando um conceito diferente, mas ainda geram uma visão estranha de se ver quando os mergulhadores se deparam com uma delas. Agora, obviamente, este não é um fenômeno natural, mas para todos os mergulhadores desavisados que desconhecem sua existência, é definitivamente uma surpresa. Nós apenas esperamos que você não se depare com uma dessas enquanto mergulha à noite.

5-  Antiga vila neolítica

Parece que há mais cidades escondidas no mar do que sabemos. Atlit Yam é um exemplo que está submerso na costa de Atlit, Israel. Esta aldeia neolítica foi datada por carbono entre 8900 e 8300 anos e foi descoberta em 1984 pelo arqueólogo marinho Ehud Galili, que vislumbrou vestígios antigos ao examinar a área de naufrágios.

De acordo com um estudo italiano, a aldeia foi atingida por um tsunami com quase 40 metros de altura que engoliu a cidade e muitas outras áreas dentro de horas. Outras evidências de peixes armazenados que estavam prontos para o comércio revelaram que a aldeia foi abandonada com pressa, no entanto, isso não é tudo, pois numerosos corpos humanos também foram descobertos durante a escavação, incluindo a de uma mulher e uma criança.

Comentários
Carregando...