Artista mostra 25 contrastes do mundo em que vivemos ao combinar 2 fotos

Uğur Gallenkuş mora em Istambul, na Turquia, e está tentando mostrar as questões importantes que o mundo está enfrentando, como injustiça social e guerra, colocando duas fotos lado a lado em um único quadro. Ao fazer isso, ele quer demonstrar o contraste entre os dois mundos diferentes em que vivemos.

Ele começou seu primeiro trabalho para uma reportagem. Começou a ver medo e desespero nos olhos das crianças refugiadas que tentavam chegar à Europa, e diz que pouco sabemos sobre a guerra, fome e outras questões importantes, e desde então faz esse tipo de trabalho.

Uğur quer mostrar a diferença entre países desenvolvidos e subdesenvolvidos. Os países desenvolvidos vivem no luxo e na paz, mas ele faz um lembrete de que há pessoas nos países subdesenvolvidos vivendo na dor, na fome e na guerra.

Mais informações: Instagram | indiegogo.com

1. Máscaras de gás, trincheiras, granadas, hinos patrióticos, ódio e armas. Centenas de crianças brincam de guerra enquanto são treinadas em disciplinas militares e em táticas de tiro. Educação Patriótica na Ucrânia, 2018 

2. Um menino sírio senta-se em um tanque destruído em 2015.

3. Mundo paralelo

4. Uma mulher passa por tendas em um campo de refugiados sírio na cidade turca de Suruc, na província de Sanliurfa, em 11 de outubro de 2014. 

5. É muito simples fazer as crianças felizes. Uma criança recebendo ajuda distribuída na Síria.

6. Uma criança com uma arma em uma instalação de treinamento militar durante a guerra civil da Libéria.

7. Alladin, de 9 anos, coleta munição usada para vender como metal em Aleppo, na Síria.

8. Mãos de refugiados se esticam enquanto lutam por doações no campo de Balukhali em 18 de setembro de 2017 em Cox’s Bazar, Bangladesh.

9. Crianças de família de refugiados sírios desalojados usam o meio-fio como travesseiros em Erbil, no Iraque, em 2013.

10. Crianças são vistas na rua à medida que a fumaça sobe a partir dos poços de petróleo, incendiadas pelos terroristas do Daesh para limitar a visão dos pilotos após a retomada da cidade de Al Qayyarah em 25 de outubro de 2016.

11. Voluntários ajudam refugiados e bebês que esperam cruzar a Europa e chegam à costa da ilha de Lesbos, na Grécia, depois de cruzar o mar Egeu da Turquia em novembro de 2015.

12. Um menino iemenita pisa em um traço de sangue manchado no chão do lado de fora de uma mesquita após o assassinato do xeque Mohammed Al-Zabhani, maio de 2018.

13. Mohammed Mohiedin Anis, ou Abu Omar, de 70 anos, fuma seu cachimbo enquanto se senta em seu quarto destruído ouvindo música em seu vinil em Aleppo.

14. Crise de refugiados 

15. Protestos contra a mudança da embaixada dos EUA para Jerusalém. Manifestantes palestinos participam durante confrontos com tropas israelenses, perto da fronteira com Israel, no leste da cidade de Gaza, em 13 de abril de 2018. Durante os protestos, dezenas de pessoas foram mortas e milhares ficaram feridas.

16. Um ex-leão de circo está com um olho perdido dentro de uma jaula em Lima, no Peru.

17. Yelena Shevel, 10, que sonha em se tornar veterinária, aprende a colocar uma máscara de gás durante o treinamento no LIDER, um acampamento de verão nos arredores de Kiev, na Ucrânia. Ela acredita que “é importante defender nossa pátria, porque se não fizermos isso, a Rússia capturará a Ucrânia e nos tornaremos a Rússia”. Centenas de crianças brincam de guerra enquanto são treinadas em disciplinas militares e em táticas de tiro. 

18. Mundo invertido 

19. Uma criança afegã está dentro das ruínas da devastada Escola Secundária Habibia, mas em funcionamento, em 3 de janeiro de 2002, em Cabul, Afeganistão. A escola foi severamente danificada por anos de guerra civil. Os países nunca podem se desenvolver com gerações sem educação.

20. Constrastes brasileiros

21. Em dezembro de 2005, no sul do Sudão, um menino bebe água do rio Akuem, perto da vila de Malual Kon, no estado de Bahr el Ghazal. Apenas cerca de um terço da população tem acesso a água potável, e a ameaça de doenças transmitidas pela água aumentou à medida que as cidades aumentam devido ao retorno de pessoas deslocadas e refugiados após décadas de guerra civil.

22. Migrantes esperam ser resgatados por membros da ONG espanhola Proactiva Open Arms, depois de deixarem a Líbia tentando chegar ao solo europeu a bordo de um bote de borracha superlotado, ao norte da costa da Líbia.

23. Festival de sangue

24. Campo de armas em Istambul, Turquia

25. Desespero 

buy metformin metformin online