Ao invés de usarem pastores alemães de raça pura esses policiais estão usando pit bulls resgatados para fazer o trabalho

Conheça Phantom e Sarah, dois pit bulls resgatados de um abrigo que acabaram de se tornar cães policiais. Sabendo da má reputação da raça tem e o fato que os pit bulls são a raça número 1# a sofrer eutanasia nos Estados Unidos, os oficiais no escritório do xerife do condado de Clay da Carolina do Norte estão fazendo algo para mudar essa situação. “O que será mais chocante para alguns não será que o xerife do condado de Clay tem os novos cães policiais, mas sim sua raça”, escreveu o departamento online, acrescentando: “mesmo que os pit bulls ganhem má reputação na mídia, eles não são cães ruins e podem fazer grandes coisas para as comunidades que servem. ”

No entanto, transformar esses cães de abrigo com um futuro incerto em cães policiais não somente dá-lhes uma segunda possibilidade na vida – se economiza também o dinheiro dos contribuintes. “As duas fundações assumiram a missão de mostrar que os departamentos não precisam gastar de 15 a 20 mil dólares por um pastor alemão puro para procurar e encontrar drogas ilegais, ao mesmo tempo dar cães destinados a uma vida em um abrigo ou a eutanásia uma segunda chance na vida.

Resta esperar que essa medida seja difundida no mundo inteiro e que vários cães possam ser salvos.

 

Mais em: Clay County Sheriff’s Office | Facebook

Ao invés de usarem pastores alemães de raça pura esses policiais estão usando pit bulls resgatados para fazer o trabalho Mistérios do Mundo

Comentários
Carregando...