Amostras de sangue de pacientes com Covid-19 são roubadas por macacos na Índia

Autoridades indianas informaram na última sexta-feira que um grupo de macacos selvagens atacou um profissional da saúde e roubou amostras de sangue coletadas de pacientes com Covid-19. O curioso evento ocorreu nas dependências de uma universidade de Meerut, no Estado de Uttar Pradesh.

“Macacos pegaram as amostras de sangue de quatro pacientes com Covid-19 e fugiram com elas. Tivemos que tirar novas amostras”, disse S.K. Garg, profissional que foi atacado.

De acordo com a imprensa, ninguém sabe se o sangue foi derramado ou se os animais levaram o sangue dentro do recipiente. Há um temor, entretanto, de que a disseminação do vírus na região possa aumentar caso os macacos tenham levado as amostras para áreas de maior concentração de pessoas.

Reprodução

Não há evidências científicas que comprovem que macacos podem se infectar com o novo coronavírus, ainda que acredite-se que o patógeno passou de animais para seres humanos em Wuhan, em dezembro do ano passado.

A Índia é um dos países mais populosos do mundo, e por conta da aproximação dos centros urbanos com regiões selvagens, está cada vez mais comum o contato de animais silvestres com seres humanos. Segundo especialistas, esses animais buscam alimentos nas áreas urbanas quando seus habitats naturais foram destruídos.

Até o momento, a Índia conta com mais de 165 mil casos confirmados, com cerca de 4700 mortes.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.