Adolescente atira fatalmente em si mesmo enquanto filmava um vídeo para as redes sociais

por Lucas Rabello
0 comentário 2,1K visualizações Instagram/@rylohuncho_

O rapper Rylo Huncho, de 17 anos, morreu após acidentalmente atirar em si mesmo na cabeça enquanto filmava um vídeo. A polícia confirmou que o incidente ocorreu em 15 de maio, em sua casa em Suffolk, Virgínia, EUA, atribuindo a morte a um “ferimento acidental autoinfligido por arma de fogo” na cabeça.

Embora as autoridades não tenham identificado Huncho em seu anúncio oficial, sua família divulgou sua identidade em uma página do GoFundMe criada para apoiar sua mãe. De acordo com o The Direct, o nome verdadeiro de Huncho era Raleigh.

A página do GoFundMe, que apresenta uma imagem de Huncho, afirma: “Olá, minha tia recentemente perdeu seu filho de 17 anos devido a um ferimento autoinfligido na cabeça. Ele era seu único filho! Ela era mãe solteira, mas cuidava do filho da melhor maneira possível.” A página também observa que a família “ainda está tentando entender” as circunstâncias em torno de sua morte e faz um apelo por doações: “Qualquer coisa, eu digo qualquer coisa, pode ajudá-la neste momento de necessidade. Ele era seu único filho, ela também era filha única, sempre foram ela e o filho. Qualquer coisa pode ajudar! Por favor, mantenham minha família em suas orações, muito obrigado.”

Imagens que circularam nas redes sociais após a morte de Huncho mostram o rapper dançando e cantando para a câmera enquanto segurava uma pistola durante um vídeo no Instagram Stories. Acredita-se que Huncho tenha desativado o trava de segurança da arma em algum momento durante a filmagem, resultando no tiro fatal. No início deste ano, Huncho exibiu o que parecia ser a mesma arma em outro vídeo compartilhado no TikTok.

Seguidores e amigos de Huncho têm prestado homenagens ao falecido rapper, que acumulava 27.000 seguidores no Instagram e 680 ouvintes mensais no Spotify. Kara Dorsey, que se identificou como professora na escola de Huncho, comentou sobre a tragédia: “Embora eu não tenha tido a oportunidade de conhecer esse jovem, conheci hoje seu primo mais velho e um amigo próximo. Conheci-os enquanto passavam o almoço caminhando silenciosamente pelos corredores e pedindo aos membros da equipe que compartilhassem um GoFundMe para ajudar a mãe do jovem a enterrar seu único filho.”

Até a última atualização, a campanha do GoFundMe arrecadou mais de $2.800, com uma meta de $15.000. Aqueles que desejarem doar podem fazê-lo através da página da campanha. A UNILAD entrou em contato com o Departamento de Polícia de Suffolk para mais comentários.

Inscreva-se no canal Mistérios do Mundo no YouTube

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados